auravide auravide

APRENDA A TRABALHAR COM SEUS LIMITES

por Maria Lúcia Pellizzaro Gregori

Publicado dia 17/10/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Um dos equívocos que cometemos constantemente é pensar em “nossos defeitos” como uma desqualificação, um mal maior do que nosso desejo de preservação da auto imagem pode suportar. É muito fácil sentirmo-nos feridos na idealização dessa auto imagem. Ou nos colocamos como pessoas inferiores, cheias de “pecado”, ou nos sentimos acima dos males de uma humanidade perversa e inconsciente. Acabamos nos esquecendo que ainda temos que lidar com partes miúdas que nos enfraquecem e que insistentemente guardamos na obscuridade, para que não apareçam manchas na visão do outro em relação a nós.

Essa é uma forma infantil de retardar a evolução de um espírito. Lembre-se que, se você abandonar a verdade, se tentar se esconder atrás da “moita”, um bom farejador poderá encontrá-lo e aí, sim, você se envergonhará do seu medo e talvez seja devorado por ele.

Uma forma objetiva de evolução é o auto confronto. Encare-se como você está para ter chances de ficar do jeito que aspira ser. Se você dificulta a manifestação de sentimentos verdadeiros, eles ficam às cegas sem encontrar uma saída para serem vividos.

Os limites são demarcados em todas as áreas da nossa vida. Essa realidade pode ser saudável se soubermos utilizá-la como um sinal de “Basta! Por aqui não dá mais”. Assim, mudamos o rumo e capinamos um novo trajeto, buscando plantar a verdade para que todos os caminhos percorridos se entrelacem e possamos identificar nossa própria história.

Não precisamos fugir das nossas incompetências. São elas que nos ajudam a ampliar as possibilidades de um conhecimento mais profundo de nós mesmos, o que nos coloca num patamar de crescimento constante, se essa for a nossa busca... e é!

Não se assuste com o esforço que precisará fazer para reconhecer seus limites nos tropeços do dia a dia. Quando uma parede se colocar à sua frente, não tente derrubá-la com uma força que você não tem. Lembre-se que novas perspectivas poderão ser descobertas se você a deixar ali, como um marco divisor de águas que continuarão seu curso numa curva que a própria natureza criará para levá-lo à tranqüilidade e serenidade que você busca.

Siga o fluxo e não desista. Aceite a realidade que você criou e entenda que as experiências foram maravilhosas porque elas o levaram à consciência que tem hoje e que pode se ampliar sempre, continuamente, junto com seu compromisso de se sentir feliz.

Seu potencial de desenvolvimento é infinito. Se os dias estão acinzentados, procure a luz que está dentro de você para conseguir vivê-la com tudo o que ela traz para enriquecer sua vida. Luz e sombra caminham em parceria e toda sombra é uma denúncia de que a luz está presente.

Tudo é mensagem para pequenas ou grandes transformações.

Em muitas ocasiões precisamos mesmo de uma barreira para não despencarmos no precipício do nosso orgulho e egoísmo. Se o que você identifica como limite é real,  deve chamar pela sua coragem e se perguntar: o que não quero ver? O que não quero mudar?

A grande virada pode estar escondida no seu interior e sua vontade de seguir em frente fará emergir um novo dom que o deixará livre para um confronto positivo com dificuldades que são suas, libertando outros de uma responsabilidade que também pertence ao seu pacote de evolução.

Faça do limite seu ponto avançado de consciência. Ele é apenas o nó que o fortalece, se você quiser que seja assim.

Texto revisado por Cris


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 86

foto-autor
Autor: Maria Lúcia Pellizzaro Gregori   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa