auravide auravide

As leis que não são dos homens



Ao constatarmos que a justiça dos homens é precária e que em muitas situações torna-se falível, lenta, inoperante ou obsoleta, costumamos apontar o dedo indicador para cima e afirmarmos com convicção: "A justiça de Deus tarda, mas não falha!"

O que vem a ser esta justiça infalível defendida por ditos populares e que numa escala ético-moral estaria, hierarquicamente, acima das leis e da justiça criada e idealizada pelos homens? Seriam leis naturais que valem para todos os seres do universo e que, por isso, orientam a conduta do homem sobre a face da Terra?

Segundo o espiritismo, nas obras psicografadas por Chico Xavier e no "O Livro dos Espíritos", obra básica transmitida a Allan Kardec pelos espíritos superiores e por ele codificada, encontramos, nas dez Leis de Deus, com segurança e coerência absoluta, as respostas para as nossas dúvidas, como veremos a seguir:

Leis Naturais
A Lei Natural é a Lei de Deus. É a única verdadeira para a felicidade do homem e ele só é infeliz quando dela se afasta.
Entre as Leis Divinas, umas regulam o movimento e as relações da matéria bruta: as leis físicas, cujo estudo pertence ao domínio da ciência. As outras dizem respeito especialmente ao homem considerado em si mesmo e nas suas relações com Deus e com seus semelhantes. Contêm as regras da vida do corpo, bem como as da vida da alma. São as leis morais. A razão está a dizer que devem ser apropriadas à natureza de cada mundo e adequadas ao grau de progresso dos seres que o habitam.
"O Livro dos Espíritos", Allan Kardec

Lei de Adoração
A adoração está na Lei Natural, pois resulta de um sentimento inato no homem. Por essa razão é que existe entre todos os povos, se bem que de formas diferentes. A adoração consiste na elevação do pensamento a Deus.
"O Livro dos Espíritos", Allan Kardec

Lei de Trabalho
A luta e o trabalho são tão imprescindíveis ao aperfeiçoamento do espírito como o pão material é indispensável à manutenção do corpo físico. É trabalhando e lutando, sofrendo e aprendendo, que a alma adquire as experiências necessárias na sua marcha para a perfeição.
"O Consolador", Emmanuel/Chico Xavier

Por trabalho não se deve entender apenas as ocupações materiais; o espírito trabalha, assim como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho.
"O Livro dos Espíritos", Allan Kardec

Lei de Reprodução
O uso do sexo é uma Lei Natural na esfera da crosta terrestre, mas todas as Leis Naturais na experiência humana devem ser exercidas, como em toda parte, sobre as bases da lei universal do bem e da ordem. Quem foge ao bem é defrontado pelo crime; quem foge à ordem, cai no desequilíbrio. Não devemos esquecer que o sexo, na existência humana, pode ser um dos instrumentos de amor, sem que o amor seja o sexo. Por isso mesmo, os homens e as mulheres cuja alma vai se libertando dos cativeiros da forma física escapam, gradativamente, do império absoluto das sensações carnais.
"Missionários da Luz", André Luiz/Chico Xavier

Lei de Conservação
A Lei de Conservação obriga o homem a prover as necessidades do corpo. Sem força e saúde, impossível é o trabalho. É Lei da Natureza, todos os seres vivos o possuem, qualquer que seja o grau de sua inteligência. Em alguns é puramente instintivo, raciocinado em outros.
"O Livro dos Espíritos", Allan Kardec

Lei de destruição
Preciso é que tudo se destrua para renascer e se regenerar. Porque o que chamais destruição não passa de uma transformação que tem por fim a renovação e melhoria dos seres vivos. As criaturas são instrumentos de que Deus se serve para chegar aos fins que objetiva. Para se alimentarem os seres vivos reciprocamente se destróem, destruição esta que obedece a um duplo fim: manutenção do equilíbrio na reprodução que poderia tornar-se excessiva e utilização dos despojos do invólucro exterior que sofre a destruição. Esse invólucro é simples acessório e não a parte essencial do ser pensante. A parte essencial é o ser inteligente que não se pode destruir e se elabora nas metamorfoses diversas por que passa.
"O Livro dos Espíritos", Allan Kardec

Continua...

Texto revisado por Cris
Publicado dia 1/3/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14



foto-autor
Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: flavio01bastos@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa