auravide auravide

BAGUÁ - O MAPA DO FENG SHUI

por Tina Simão

Publicado dia 28/5/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


FENG SHUI define um conceito de expressar como nossa essência se relaciona a tudo o que está à nossa volta, incluindo nosso ambiente; nos ensina a criar harmonia e equilíbrio visando afastar e desviar energia nociva e atrair a boa sorte. Especialistas chineses dizem que onde e como você mora, como distribui e organiza os aposentos de sua casa pode influenciar a harmonia de sua vida, saúde, riqueza e felicidade. É necessário saber aproveitar a energia vital ou CHI que flui por toda parte.

Acreditam que tudo o que existe dentro de um local pode contribuir para criar um ambiente relaxante ou estimulante. Pequenas mudanças podem resolver problemas de saúde, econômicos ou de relacionamentos. A localização da casa, a posição no bairro, a vizinhança podem influenciar negativamente e medidas adequadas devem ser tomadas para defender-se da influência negativa ou SHA. Essas energias podem ser desviadas ou canalizadas na direção ou para longe da casa.

As forças YIN - feminina, passiva, sombria, negativa - e YANG – masculina, luminosa, ativa e positiva - não são consideradas opostas, mas formadoras de um equilíbrio harmonioso, não existindo uma sem a outra e, juntas, impregnam todas as coisas vivas. Os sábios aprenderam que essas forças universais funcionam em qualquer lugar onde se more e que elas devem ser harmonizadas pois quando em harmonia geram uma grande PAZ INTERIOR.

O instrumento usado em FENG SHUI, que nos ajuda a identificar onde e como estão essas forças, é o BAGUÁ considerado por alguns como uma bússola orientadora e uma ferramenta que nos ajuda a determinar os lugares corretos e suas funções na casa, escritório e até mesmo na mesa de trabalho. Usa-se o BAGUÁ a começar do terreno, tendo como referência o portão de entrada, depois em relação à casa, andar por andar e em relação a cada cômodo, quarto, etc.

Considera-se o uso do BAGUÁ a partir da porta principal da entrada, através da qual a energia entra em sua casa. É a porta usada por todos, inclusive as visitas. Se você usa a porta dos fundos como entrada principal é esta que deve ser considerada, mas se a porta da frente for usada pelas visitas e por você, então, considere esta como porta principal. O ideal em uma residência é que se use, sempre, a porta de entrada social, normalmente a porta da sala, como entrada da energia CHI num imóvel.

Cada um dos lados do BAGUÁ está relacionado a aspectos de sua vida, cores, partes do corpo, posições geográficas, números, cinco elementos, horas do dia. O BAGUÁ deve ser colocado com os lados da espiritualidade, carreira e amigos, sempre alinhado com a parede onde está a porta principal. Sua aplicação é flexível, ou seja, a sua forma pode ser esticada, espremida, alargada. Cada porta pela qual passamos cria um novo BAGUÁ e quando fazemos a sua aplicação na casa podemos perceber que certas áreas têm mais desta ou daquela energia.

Tina Simão
Facilitadora em Feng Shui - Escolas da Bússola e do Chapéu Negro.
Cursos e Consultorias.

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4

foto-autor
Autor: Tina Simão   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa