auravide auravide

Brigas e Conflitos



A prática da interpretação numerológica é extremamente rica na variedade de situações relacionadas às relações afetivas. Uma delas refere-se às pessoas que tem um desafio 2.

Desafio é como é chamado, na numerologia, o aprendizado que você veio fazer aqui na Terra. São comportamentos, definidos por um número, difíceis de praticar e, quando praticados, o são com desgaste energético. São difíceis de praticar, pois o portador não tem conhecimento ou habilidade suficientes nessa área. É uma das razões de sua vinda para a Terra.

O número 2 refere-se aos relacionamentos interpessoais. O portador desse número deve criar harmonia nesses relacionamentos e para isso as características de flexibilidade, adaptação, colaboração, concessão, cooperação são fundamentais. Entre os relacionamentos interpessoais de cada um aquele com o parceiro(a) afetivo(a) talvez seja o mais próximo e importante.

O aprendizado de novos comportamentos geralmente envolve alguns passos, entre os quais o entendimento do assunto, entendimento do contexto e a prática desse comportamento. Erros são considerados naturais e dão margem a novas tentativas até que o novo comportamento seja aprendido e com o tempo sedimentado. Tudo isso envolve desgaste energético ou, em outras palavras, aprender cansa (mas pode ser muito gratificante!).

E é isso o que acontece com as pessoas portadoras de um desafio 2. Essas pessoas vieram aprender a se relacionar com outras pessoas e principalmente com o parceiro afetivo. Como aprendizados dão margem a erros, é comum ocorrerem desavenças, brigas e desentendimentos, principalmente com o parceiro afetivo que é quem está mais próximo e é mais íntimo do portador do desafio 2.

Quem nunca fez uma interpretação numerológica e não conhece seus desafios provavelmente nunca vai desconfiar das razões pelas quais tem dificuldades nos relacionamentos afetivos. Na maioria das vezes culpa o “outro”, mas ainda assim se sente mal. Isso não leva a lugar nenhum.

O portador do desafio 2 precisa conhecer essa sua condição. Em seguida precisa agradecer ao parceiro por provocar a briga. Deve tomar consciência de que é neste momento que está havendo oportunidade de aprendizado e é para isso que ele está na Terra. Aprendizado não ocorre quando a relação vai bem. A possibilidade de aprendizado existe quando há conflitos.

Os casais cuja relação é, de longa data, muito sólida também tiveram suas desavenças. O conflito em si mesmo não é ruim. A forma como cada um lida com o conflito é que vai determinar o resultado para cada um dos envolvidos e, por conseqüência, a qualidade da relação e da vida.

É o portador do desafio 2 que tem que aprender. Se você tem desafio 2 minha sugestão é que na próxima vez em que ocorrer o início de um conflito vá para seu quarto e comece a refletir sobre a possibilidade de aprendizado que este conflito está trazendo. Pode ser que você tenha que desenvolver mais flexibilidade ou está tendo dificuldade de se adaptar à situação ou o parceiro espera maior cooperação ou colaboração. Reflita e aprenda.

Como o desafio 2 aparece no seu mapa devido ao Acordo Divino que você fez antes de nascer (veja meu artigo "Quem sou eu?") o Criador tem pleno conhecimento e controle da situação. Na realidade é Ele que te proporciona a oportunidade do conflito e o conseqüente aprendizado. E como Ele é o Professor Perfeito você pode ter certeza de que se você não aprender a lição resultante de um conflito, sua Vida vai trazer outro conflito com o qual você terá que aprender a mesma lição. Até que, por tentativa e erro, você aprenda essa lição.

Desse momento em diante esse tipo de conflito não mais vai ocorrer. Mas pode ter certeza de que o Mestre vai enviar uma lição mais avançada. Outros tipos de conflito vão ocorrer para proporcionar outros aprendizados. Até que seu aprendizado previsto para essa vida se esgote.

Embora não tenha estatística, acredito que muitos divórcios têm como origem o desafio 2 de um dos parceiros, ou talvez de ambos. Os conflitos tornam-se cada vez mais intensos e freqüentes e a dissolução da relação fica inevitável.

Mas também acredito que essa situação possa ter um final diferente se cada um buscar autoconhecimento. Se você sabe que tem desafio 2, apesar dos conflitos, você pode evoluir, pode fortalecer sua relação efetiva e pode aumentar a satisfação e a qualidade de vida.

Texto revisado por Cris
Publicado dia 27/2/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstar Avaliação: 4 | Votos: 5




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa