auravide auravide

CABALA: A ÁLGEBRA DA FÉ

por Weber Malcher

Publicado dia 12/10/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Éliphas Lévy tem uma definição de Cabala que expressa toda a sabedoria dessa tradicional ciência: “Cabala é a matemática do pensamento humano: é a álgebra da fé.”

O que é matemática? O que é álgebra? O que é o pensamento humano? O que é a fé? Matemática e álgebra sabemos o que é. Mas, alguém saberia definir o que é o pensamento? O que é a fé? Alguém saberia conceituar o que é o perfume de uma flor ou o sorriso de uma criança?

Sou um estudante de Cabala e quanto mais me aprofundo em seus ensinamentos, lembro de Sócrates que afirmava: “Quanto mais sei que sei, mais sei que nada sei”. Tenho acompanhado e lido muitos dos artigos publicados no Somos Todos Um, e mais uma vez lembro da assertiva de Sócrates. Quanta sabedoria em suas linhas, quanta dedicação, pesquisa e labor para se escrever um artigo. Cabala é isso: aprender a receber para compartilhar. “É dando que se recebe”, ensinava São Francisco de Assis.

Certa feita, assistindo a uma palestra do Rabino Nilton Bonder aqui em Manaus, ele começou sua fala da seguinte maneira: “Em Jerusalém existem dois mares: o Mar da Galiléia e o Mar Morto. O Mar da Galiléia compartilha suas águas com o Rio Jordão; o rio Jordão, por sua vez, compartilha para formar o Mar Morto. O Mar Morto não compartilha com ninguém, daí a origem de seu nome: Mar Morto, não tem vida, nada nasce, só tem sal.” E nós, seres humanos, somos Mar da Galiléia, Rio Jordão ou Mar Morto? Somos Todos Um, eu sei, uma rede de sabedoria e pensamentos que se irradia em todas as direções, transmitindo idéias, conhecimento, bênçãos e luzes para o planeta.

Mas será que somos aquilo que escrevemos? Tenho uma amiga que diz: “Wéber, Deus é prática”. Essa foi a melhor definição que encontrei de Deus. Tinha aprendido que Deus é Amor, Luz, Perdão, Compaixão, etc., mas nunca ninguém me dissera que Deus é prática. De que adianta sermos uma enciclopédia ambulante, se não doarmos, se não praticarmos? A humanidade entrou nessa absurda crise por não compartilhar, por querer só receber, por ser um Mar Morto. Sei que nós do STUM estamos realizando nosso trabalho de doação, de compartilhar nosso conhecimento, nossa experiência de vida. Isso nos impulsiona, nos faz crescer.

Fico feliz quando acesso um artigo e constato que já foi lido milhares de vezes. O brasileiro está lendo, sim, e lê coisas boas, faz conexões em “banda larga”com alma, com a divindade que habita em cada coração. Isso é Cabala.

PAZ PROFUNDA!

Uma letra cabalística para meditação: Beit. Se você tem a letra Beit no seu nome - corresponde ao B ou se a numerologia do seu nome corresponde ao número 2 - você é uma bênção no lar e na face da Terra.

Wéber Malchér
Escritor, membro da UBE-Am, palestrante, Consultor Metafísico, Rosacruz - Amorc, Astrologia Kármica e Numerologia Cabalística.
Palestras e Cursos de Astrologia e Numerologia Cabalística -MANA

Texto revisado por Cris


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14

foto-autor
Sobre o Autor: Weber Malcher   
Escritor, membro da União Brasileira de Escritores (UBE-AM), membro da Ordem Rosacruz- Amorc- Reikiano; formação em Astrologia Tradicional e Kármica, Numerologia, Palestrante (temas místicos, culturais e filosóficos). (92)9.94494979 WhatsApp
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa