auravide auravide

CABALA: O ÊXODO ESPIRITUAL

por Weber Malcher

Publicado dia 6/12/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


CABALA: O ÊXODO ESPIRITUAL
Somos seres humanos. Somos todos pessoas comuns. Somos feitos do barro, matéria que compõe os ingredientes necessários para o desenvolvimento da vida biológica.

A “subida” para o mundo espiritual é muito lenta. O mundo espiritual não é algo que esteja lá no alto, acima das nuvens ou das estrelas. Não existe isso. A Terra está tão acima do que a mais alta das estrelas. O giro orbital das esferas celestes tem um nome: Somos Todos Um.
As janelas para o mundo espiritual estão aqui na Terra. O mundo espiritual é um estado de consciência, de luz inconsciente que se fez Luz Consciente. O êxodo para o mundo espiritual é um processo gradativo, uma escada com muitos degraus a serem escalados. Passamos muito tempo aprisionados nessas grades, somos cativos dos desejos deste mundo, mas dentro de nós existe uma centelha, uma luz, e é essa centelha que mantém acesa a chama da vida.
Caímos, tropeçamos, somos derrubados, porém levantamos e prosseguimos nossa jornada. Graças a essa centelha divina não nos transformamos em moinhos sem vento.
Aprendemos na Cabala que para atingir a unidade com o Criador é necessário mais do que doar por doar; é necessário COMPARTILHAR. Esse é o ingrediente principal para participar do cardápio divino.
O homem está confuso, faminto, com sede, não apenas física, mas espiritualmente. O homem trava uma batalha interior. Quem é esse homem que vive dominado pelo Ego? O domínio do Ego no homem é intolerável, odioso. O Ego quer sempre mais, não se satisfaz com nada. Então, chega o momento em que o homem tenta escapar dessa armadilha e não sabe que rumo tomar.
Como encontrar o seu espaço sagrado? É preciso fechar os olhos, adentrar a escuridão da noite para escapar da escravidão do Ego. “Não creias no que os teus olhos dizem. Eles só mostram limitações. Olha com a tua inteligência, descobre o que já sabes e encontrarás a maneira de voar” .(Fernão Capelo Gaivota/Richard Bach).
Por que na escuridão da noite? Porque a fuga se dá quando a Luz Espiritual está fora. Fora dos domínios do Ego. É preciso fé acima da razão. É preciso coração acima da emoção. É preciso discernimento, sabedoria, coragem, mas também humildade. É preciso celebração desse encontro com a unidade, desse vôo nas asas da liberdade.
Uma pessoa que começa a trabalhar no mundo espiritual compreende que as imperfeições e os erros são, na verdade, “experiências para enriquecimento de sua sabedoria”.( Khutumi).
“O essencial é invisível aos olhos; só se vê bem com o coração”. Exupery
SHALOM!!!!
Weber Malcher – Escritor-Membro da União Brasileira de Escritores –Manaus-Am.

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 30

foto-autor
Sobre o Autor: Weber Malcher   
Escritor, membro da União Brasileira de Escritores (UBE-AM), membro da Ordem Rosacruz- Amorc- Reikiano; formação em Astrologia Tradicional e Kármica, Numerologia, Palestrante (temas místicos, culturais e filosóficos). (92)9.94494979 WhatsApp
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa