Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Como a lua influencia a nossa vida

por Ramy Shanaytá
Como a lua influencia a nossa vida

Publicado dia 10/6/2009 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


No céu, à noite, uma avó cuida de seus netos.

A Mãe Lua, Anciã, é mais antiga do que a Terra e do que o Sol e é conhecida e estudada pela ciência como um satélite natural, um pedaço de uma estrela ou de outro astro que realiza uma órbita ao redor da Terra e não possui luz própria, além de ser bem menor que o planeta Terra.
Esse satélite natural influencia as marés e sua história romântica e espiritual acompanha o imaginário do ser humano desde antigas eras, visto que várias sociedades assumiram ser a Lua o seu mais sagrado símbolo espiritual. Ela ensina sobre o tempo e é a força de comando no reconhecimento de um calendário que expressa os ciclos naturais.

Cada fase da Lua é reconhecida com sua potência, pois cada fase mostra, em sua presença, o que é.

A Lua Nova é quando a Mãe Lua se encontra mais oculta. Como não é vista em sua totalidade, ensina sobre o início de uma jornada, sobre a reunião interna e revela sua potência purificadora. Vai gerando no corpo físico a força de desintoxicação, ou seja, o que se encontra acumulado vai ser desagregado.
A energia da Lua, nesta fase, inspira o ser a ir buscá-la, já que encontra-se oculta; esta energia é a ignição para o movimento, a procura, a busca.
Neste período, a força de um vegetal encontra-se na região da raiz, nas regiões subterrâneas da terra, sendo também um bom período para plantar. É o momento de reduzir a alimentação para que o organismo possa fluir com a energia ignidora da desintoxicação.
No preparo de uma fervura de vegetais, a borra acumulada no fundo de uma panela irá engrossar mais, visto que a potência de reunião se encontra ampliada.
Na Lua Nova é muito escuro nas matas, fortalecendo a potência de vegetais que são lunares, ou seja, que não possuem aromas que expandem no ar. Este ciclo lunar produz o movimento interno no ser que adentra em um local de natureza mais fechada, de um melhor desenvolvimento de sua observação, já que para cada passo dado é necessária muita atenção, pois existe vida debaixo da terra, acima dela, na altura dos olhos, no alto das árvores e também no céu.
Nesta época, toda a lenha que for multiplicada ficará com baixa resistência devido à ação da vida de fungos e outros pequenos seres que dela vão se alimentar.

A Lua em Fase Crescente traz a potência de expansão das energias vitais, seja no reino mineral, vegetal, animal e no ser humano, quando as energias pulsantes vão sendo expandidas, continuamente, produzindo uma intensificação no desenvolvimento do organismo físico — neste período os alimentos são mais bem absorvidos, pois o corpo assimila mais rápido seus efeitos — assim como no campo emocional e em níveis mais sutis.
Nesta fase, como a força do vegetal se expande para suas partes aéreas, é o momento de trabalhar com as ervas na ação de poda, de transplantar aquelas que são cultivadas e de colher as folhas, pois sua potência encontra-se ampliada.

A Lua em Fase Cheia é o momento em que a Mãe Lua expressa sua expansão — clareando as matas à noite e possibilitando a caminhada — realizando a potência refletora em sua totalidade e, dessa maneira, produzindo intensos comandos no movimento das águas dos mares, rios, umidade do ar e em nuvens carregadas, além de agir na água dentro de nosso corpo e, portanto, será neste período que, ao ingerirmos água, os minerais serão bem assimilados pelo organismo.
Como ela atua no movimento das águas, produz efeito também na pressão arterial, já que o caminho do sangue é como o caminho dos rios, além de ser também a fase do parto, pois com a virada da Lua, a possibilidade da mulher parir aumenta consideravelmente. É na virada da Lua Crescente para a Cheia o período em que as nuvens se preparam para expandir a chuva renovadora.

Texto revisado por Cris

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 172

Sobre o Autor: Ramy Shanaytá   
Ramy Shanaytá é co-fundador do Instituto KVT (fundado em 1995) e da Instituição Filantrópica e Cultural Templo Ará Tembayê Tayê da tradição Tubakwaassu, Editora KVT e KVT – Desenvolvimento da consciência empresarial, Escritor, conferencista, professor e pesquisador de plantas medicinais. Outro site: http://www.kvt.org.br
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Você tem realmente esse tal Livre Arbítrio?
artigo Contrato com a morte
artigo Estesia
artigo A mudança deve ser interna

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa