Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Como livrar-se das angústias

por Paulo Tavarez
Como livrar-se das angústias

Publicado dia 30/10/2019 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


O homem consegue explicar porque está triste, ele conhece as razões de sua tristeza, mas não consegue, nunca, dizer por que está angustiado, por que não sabe de onde vem a angústia. Ele simplesmente desconhece a fonte. Busca aos seu redor e não encontra motivos, percebe que foi algo inusitado, pois ele estava bem, de repente, o astral mudou.

“De onde vem esse Sentimento?”, pergunta-se, mas não encontra respostas. O que faz então? Quase sempre tenta fugir, faz uso de mecanismos de fuga para não se confrontar com esse desconforto. Ele foge através do uso de drogas, diversão, distração ou qualquer coisa que possa atenuar os efeitos indesejáveis dessa moléstia. Uns querem sexo, outros buscam o esporte, assim por diante.

Na verdade, eles querem qualquer atividade que ative a produção dos hormônios da felicidade: e
ndorfina, serotonina, dopamina e oxitocina. Essas substâncias agem de forma mágica, dissolvendo todo o mal-estar provocado pela angústia, mas o que eles não percebem é que estão apenas fugindo, adiando um enfrentamento, pois a angústia é um grito desesperado da própria alma. Existe alguém, talvez um outro eu, querendo muito conversar e tudo o que ele encontra é o desprezo. 

O homem foge da própria sombra, não quer ouvir a voz interior que clama por ajuda, não suporta o assédio de sensações ruins e prefere esconder-se de si mesmo, como um avestruz ele nega a realidade e tenta refugiar-se em algum tipo de ilusão. A nota triste desta atitude é que todos esses conteúdos negativos continuarão existindo e provocando, de forma cada vez mais intensa, aquele que precisa reelaborá-los. 

Não podemos fugir da própria sombra, onde quer que estejamos, ao olharmos para traz a encontraremos. A sombra precisa ser iluminada para deixar de existir, precisamos integrar os conteúdos inconscientes através de um processo terapêutico e isso pode ser feito com ajuda de profissionais ou através de técnicas de auto aplicação.

Podemos extravasar muitas questões mal resolvidas no acervo do nosso inconsciente através da criatividade. É isso o que nos ensina Carl Gustav Jung, através da imaginação ativa, também conhecida como função transcendente. 

Quando pintamos um quadro, quando escrevemos um poema, quando compomos uma canção ou quando esculpimos algo, na verdade, estamos trazendo para a matéria elementos do nosso mundo interior, nesse momento, nos tornamos um canal de todo um material pesado que precisa ser ressignificado. É uma verdadeira catarse, pois tudo que esses personagens que transitam no condomínio do nosso próprio ser aspiram é justamente uma presença na luz. 

Grandes artista da nossa história, como Van Gogh, Frida Kahlo, Michelangelo, Renato Russo e uma infinidade de gênios, eram profundamente atormentados por angústias e encontraram meios de expressar esse material através da arte.

É preciso convidar o inconsciente para um bate papo, sentar-se no sofá com os seus próprios medos e usar todas as suas virtudes para dissolver as energias que alimentam esses complexos. Tratar cada um desses desconfortos como se fossem personagens. Ouça-os, permita que se expressem, você não precisa temer, todo o poder está com você, pois você está no trono, o poder é todo seu e você é a testemunha que irá sempre sobreviver a todos esses processos.

O enfrentamento de si mesmo é o aquilo que te trouxe a esse mundo e nada mais. Você só sairá daqui e deixará de ser compelido a voltar quando transformar todos esses combustíveis emocionais em informações apenas, e quando tornar conscientes todos os conteúdos inconscientes, isso é o que os psicologos chamam de individuação e eu chamo de iluminação.

Texto Revisado


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14

Sobre o Autor: Paulo Tavarez   
Conheça meu artigos: Terapeuta Holístico, Palestrante, Psicapômetra, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define. Eu sou o que Eu sou! Conheça mais sobre mim em: www.paulotavarez.com - Instagram: @paulo.tavarez
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Mensagem Para A+Cor+Dar
artigo Desacelerar
artigo Será que a mãe ou o parceiro abusivo sabe o que está fazendo?
artigo A estrela e a canção: Presentes de Brahman

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa