auravide auravide

Como me curei da Síndrome do Pânico com meditação


Facebook   E-mail   Whatsapp

Bom, eu tive síndrome do pânico em 2015 e vou descrever o que aconteceu e como me curei com meditação.

Eu percebi há pouco que havia mais de 2 anos que estava depressiva e não sabia porque não sou suicida, parecia apenas falta de vontade. Então me separei depois de 14 anos de casamento. Depois namorei, desmanchei e começaram umas crises de ansiedade absurdas, um gelo que sobe que pela perna, às vezes pelo braço, dá na barriga, depende da ocasião. Isso ocorreu por uns 5 meses. Nessas crises de ansiedade, teve algumas ocasiões que fiquei desolada, muita irritação, com muita fome ou nenhuma e vontade de fumar. Perdi 8 kg. Eu jogo tarot, era viciada, na verdade, jogava muito. Nessa época foi algo muito obsessivo pra mim, o tarot. Mas eu estava lutando contra o que ele me dizia pra fazer. Eu não concordava.

Um dia o tarot disse: não saia novamente. Isso tinha 5 dias e eu nem sabia por que. Desobedeci. Fui na casa do meu amigo que é 5 minutos de carro. Demorei 25. Estava bloqueada de um lado, depois não consegui estacionar. Depois de 20 minutos lá, eu tive o surto. Eu comecei a chorar convulsivamente, sentia-me atacada, era um sofrimento absurdo. Pareceu que minha alma foi sugada pelo tampo da cabeça e que estava andando numa rua fria e chuvosa enquanto milhares de facas espetavam (minha alma). É o mais próximo que consigo descrever. Fui pra casa dirigindo, chorando e gritando e em casa joguei no tarot do celular e ele disse: Às de paus. Comecei a dançar e depois de uns 15 minutos meus filhos chegaram, aí fiquei abraçada com eles, depois minha irmã veio e ficou conversando. Ela dormiu em casa, mas não conversamos sobre o ocorrido porque eu não conseguia falar sobre isso, mas pela cara da minha mãe, imagino que parecesse transtornada.

Passei 2 semanas sem sequer abrir a janela. Sabia que tinha de me manter dentro de casa. Daí comecei a jogar mais I Ching. Eu não conseguia entender o que deveria fazer para sair dessa porque eu precisava trabalhar e tenho 3 filhos, 2 pequenos! Tenho amigos que têm síndrome do pânico há anos. Isso foi muito inquietante. Pior foi quando eu decidi me tratar com fitoterápicos e um tratamento doido que o tarot me indicou, com meditação. Todo mundo foi obviamente contra. Foi bastante difícil. Mas comecei o tratamento mesmo assim, que, até agora, meus pais não sabiam, porém, como me curei, já podem saber.

Pelo que descobri, o coração da pessoa que tem síndrome do pânico está em outro lugar, que não no parceiro, caso tenha, nem em si. Então eis o exercício:

Eu escrevi 25000 mensagens de algumas linhas de um assunto que eu não sabia e mudava com o tempo e tinha que, obrigatoriamente, escrever até conseguir. Eu relutei porque parecia um pouco maluco. Mas eu acabei obedecendo e não consegui fazer a mensagem, depois de 40 dias. Eu fiz uma média, contei pelo número de mensagens nos papeis. Sei que algo mudou em mim no processo, é como se o inimigo tivesse virado amigo. Isso é desapego. Durante esse tempo só tomei fitoterápicos, florais de bach, fumei muuuuuuuito cigarro. Nenhum tipo de droga vamos dizer alucinógena é permitida, nada! Fui pelo iching 25 linha 5 o que é totalmente contrário ao método adotado atualmente para o tratamento da síndrome do pânico. A galera toma muito remédio.

Fiz uma meditação guiada que me ajuda até o momento, é demais. Inicialmente fazia 2 vezes ao dia. Depois de um mês de 3 em 3 dias e fui diminuindo. Hoje só faço, o sentimento vem, o sentimento vai, rs.. e me ajuda ainda!! Indico muito: link baixem o audio no cel, tem no youtube também: meditação da cura da criança interior de Kryon.

Meus guias espirituais sumiram todos. Perdi minha guia do tarot porque não queria obedecer e fui petulante, certeza. Mas depois voltou um guia que me ajudou a entender melhor o i-ching. Assim ficou bem mais fácil. Depois de 40 dias do surto eu estava sorrindo numa fila de 30 minutos no banco. Foi demais. E foi curando aos poucos, fui saindo de pouquinho depois. Continuando a meditar, rezar. Hoje em dia tenho um pouco de crise de ansiedade, mas sem gelo nem nada, batedeira do coração ou fome. Está rareando, cada vez mais.

Percebo que as pessoas que têm pânico se sentem muito frágeis. Mas gostaria de dizer que não são. São pessoas amorosas que estão por algum apego, com o coração desalinhado. Eu diria que no início o coração pede um caminho. Depois ele grita. Depois ele berra. Enquanto você não sair do medo e confiar que sim, você pode, você é forte, sempre foi independente e esqueceu, você ainda pode fazer diferente, se quiser.

Para entender os caminhos de cada pessoa, os oráculos indicam, mas o coração impõe umas coisas meio malucas pra você acertar, né. Para mim foi. O pânico foi uma vitória imensa, porque nunca vivi algo tão horrível e, contra todos, o sistema médico imposto, meus pais, meus amigos, meus parentes, eu embarquei numa ideia doida dessa e deu certo. Estou aqui, abri uma empresa e posso descrever a crise de pânico sem chorar. Isso é porque eu tenho fé!

Vídeo do texto: https://youtu.be/gqMRBefc-VU

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Tatiana Ito Coimbra   
Sessões de Telepatia e Magia grátis em Facebook Célula Universal https://www.facebook.com/C%C3%A9lula-Universal-194200277680431/, https://www.facebook.com/tatiana.i.coimbra, Twitter: @tatiana_ito Trabalho com magia, feitiços, curas espirituais, oráculos, objetos santos: https://tatianaito.blogspot.com/2020/01/trabalho-com-feiticos-magia-cura.html
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa