Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
Home > Psicologia
Culpa

Culpa

por Tatiana Ito Coimbra
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura


As culpas pelo que fizemos e deixamos de fazer vão se acumulando no caminho mas, a verdade é que só podemos mudar o futuro e, se o fizermos, já está demais da conta!
A culpa deveria ser um trampolim para a melhora e, embora pareça ser inútil ou até mesmo malévola, ela demanda o aparecimento ou crescimento de alguma consciência, mas, muitas vezes só damos um delete e fazer o que!?
Rezar, cantar, dançar, tocar um instrumento, brincar com os filhos, ou seja, qualquer diversão nos retira da amargura num só estalo, mas como a vida não é feita só de diversão (longe disso), este sentimento retorna, cada vez mais em um mix de outras tantas paranóias.
Então nossa mente deveria entender? - Não devemos repetir o erro. Mais a maioria dos erros demoram a ser percebidos, e se apercebidos, que droga, nos sentimos fracos diante de pequenos impedimentos que nos parecem imensos. Então a culpa só aparece quando temos a percepção e por isso ela deve ser transformadora - não devemos continuar fazendo o que já percebemos ser errado, senão existem consequências.
E o que é o certo? E o errado? Pode uma igreja ou um governo ou uma pessoa me guiar pelo que é certo? Nunca, só a minha própria consciência de certo ou errado pode. Só ela consegue reprimir em tempo hábil, que um mau instinto se transforme em uma má ação. E muita desta consciência se deve ao ambiente em que fomos criados: família, amigos, sociedade.
Mas muitos são criados pela mídia, e quando não buscam se conhecer geram o prosseguimento destes padrões. A não ser que, verdadeiramente, alguém ache o legal o culto a padrões de consumo exagerado que criam ansiedades e comportamentos obsessivos, que estimulam a sexualidade e a violência, muitas vezes de forma gratuita e sem responsabilidade.
Não digo que cada um faz o que lhe é dito, mas, acabamos por nos comportar dependendo de uns gatilhos/tendências que já estão em nós mesmos, e, isso sim provoca umas senhoras diarréias.
A culpa, como um rito de passagem para um ser humano se tornar mais bacana só pode ser temporária senão, obviamente, causa doenças, porque o esplendor dos seres não reside nos bons ou maus sentimentos, mas, sim, no Absoluto, que entende os dois pólos da maneira como são: fases, aprendizados da alma, tristezas e mágoas, irresponsabilidades, uma singularidade, e vai saber mais o que...
As culpas são fraquezas do espírito que nos dão vergonha. Feridas purulentas que não consentimos, como algozes ou vítimas, mas que ainda permanecem por exigências do ego.
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 12
Atualizado em 16/02/2011

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo



Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa