Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

DAR E RECEBER! O QUE É ISSO?

por Maria Lúcia Pellizzaro Gregori
DAR E RECEBER! O QUE É ISSO?

Publicado dia 14/5/2009 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Muitas vezes fugimos dos nossos pensamentos quando estes parecem privilegiar os desejos alheios em detrimento aparente de nossos próprios desejos. Nosso hábito de tentar focar nosso EU sempre em primeiro lugar, como uma forma de auto-proteção, cria tanta confusão de conceitos na nossa mente que acabamos nos tornando egoístas como resposta a essa fragilidade.

A crença de que se nos ocuparmos com as necessidades de outras pessoas ficaremos famintos na nossa própria necessidade nos afasta da oportunidade de ajudar alguém a se sentir feliz. Lembre-se: a flor colhida não mata a árvore! Temos muito a oferecer sem que isso nos cause falta.

Quando alguém diz: "De agora em diante vou pensar mais em mim, pois cansei de me dedicar a pessoas que não reconhecem o que faço por elas", na verdade está dizendo: "Vou continuar pensando em mim, pois tudo que esperei em troca das minhas boas ações eu não recebi".

Quando oferecemos ajuda, geralmente estamos vendendo ou alugando essa ajuda porque sempre ficamos com a mão estendida esperando o troco. E ainda mais: chegamos a estabelecer o que queremos de volta mesmo que inconscientemente. É só prestar atenção às nossas lamúrias que entenderemos o preço que cobramos por uma gentileza, uma palavra, um aconselhamento, um acolhimento, um presente. Isso mais parece investimento numa bolsa de valores do que propriamente um gesto altruísta.

Doar ou doar-se implica em aceitar o resultado do jeito que ele vier, aceitar todas as formas de manifestação do favorecido. Se você está doando por reconhecer que é legítima a necessidade de alguém do que você tem para dar, está justificado o motivo da sua doação. Isso não requer qualquer tipo de pagamento de volta ou de retribuição, se prefere chamar assim.

Sempre ouvimos dizer que as pessoas são instrumentos da nossa evolução, então, somos também instrumentos para a evolução dos outros. Uma vez espelhos é melhor que nossa imagem seja boa para que as pessoas que nos mirem possam ver seu lado bom também e ativá-lo.

Desenvolva sua capacidade de amar e se sentirá gratificado por tudo o que fizer.

Quando as atitudes partem do coração elas trafegam em via de mão dupla e... O DAR... JÁ É O RECEBER!

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 18

Autor: Maria Lúcia Pellizzaro Gregori   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa