auravide auravide

DE VOLTA AO COMEÇO



Faz alguns meses que não escrevo para o clube. Vários acontecimentos concorreram para isso: cirurgia, doença de familiares, falecimento de um vizinho, projetos inacabados, reforma de casa... Tudo parecia como se eu estivesse em um imenso redemoinho. Contudo, em meio a esse turbilhão de coisas, preocupações e acontecimentos, pude vislumbrar uma luz no fim do túnel. Foi então que percebi que o que realmente estava ocorrendo em minha vida era um profundo processo de transformação.

No início deste ano estabeleci alguns objetivos de mudança para a minha vida sobre vários aspectos. Mas não podia imaginar a quantidade e a intensidade de energia que coloquei em movimento. Quantas vezes pensamos em realizar certas tarefas e de repente nos vemos enredados por inúmeras situações e responsabilidades que não estavam descritas no script? Quantas vezes movemos um determinado ponto e com ele vemos surgir um imenso campo se abrir diante de nós?

E então nos vemos em plena “noite escura da alma”, uma sensação de melancolia, dor e sofrimento que parece não ter fim. Algumas pessoas a conhecem como depressão, desespero, desencanto, falta de fé e outras denominações. Em todos os casos nota-se uma drenagem da energia física e mental, deixando-nos fatigados e com o sistema imunológico baixo, e passamos a nutrir somente pensamentos negativos... e assim todas as soluções fogem de nossa mente sem deixar rastro.

Quando estivermos neste estado é necessário primeiramente reconhecê-lo como um momento crucial que devemos ultrapassar com sabedoria e coragem para que a transformação realmente aconteça. É a partir da escuridão que chegaremos à luz, pois no recanto mais obscuro de nosso ser encontram-se todas as respostas para as nossas perguntas. É preciso que haja esse tempo para que o nosso consciente absorva as informações que estão guardadas num nível mais profundo de nossa alma, a fim de nos prepararmos adequadamente para a efetiva transmutação.

Neste estágio é recomendável que se permaneça com a atenção concentrada. A compreensão virá através da atitude de introspecção e profunda reflexão. A meditação é uma técnica bastante eficaz, pois além de relaxar ainda restaura o sistema psicofísico, conectando-nos diretamente com a fonte divina que somos. Estes e outros mecanismos são necessários para que a energia não seja dispersada e para que o processo não se alongue mais do que deveria.

Mesmo que seja difícil manter as atividades em dia, é importante conservar uma disciplina para aquelas que realmente podem ajudá-lo nesse momento. O trabalho, o hobby preferido, a companhia de alguém que nos conforta, ouvir música são alguns exemplos de coisas que não podem ser postas de lado. Isto fará com que nos sintamos mais fortes e dispostos, dando-nos uma percepção clara da continuidade da vida, impedindo que caiamos simplesmente no breu do desânimo e do imobilismo.

Por fim, devemos abrir nosso coração e mergulhar em nossos sentimentos e fazer as seguintes questões: Da onde vem essa situação? De que modo eu a atrai? O que preciso aprender com ela? Quais as possibilidades que tenho à minha disposição? O que realmente desejo? O que posso fazer agora? Você pode trabalhar com outras perguntas se julgar mais conveniente. O objetivo aqui é desenvolver um diálogo interior que o leve ao entendimento e conseqüente saída da onde se está encurralado.

Frequentemente nos deixamos envolver por circunstâncias, cujo tema central se apresenta de modo bastante repetitivo em várias fases da existência. Esse ponto é o que chamo de ir “de volta ao começo”. Ou seja, retornar ao ponto inicial da nossa jornada que deixamos de trabalhar por medo ou falta de maturidade suficiente para compreendê-lo e transmutá-lo. Todas as vezes que esquecermos de “dar o nó no ponto” ele sempre aparecerá mais cedo ou mais tarde em nossa caminhada, pedindo urgentemente uma solução.

Podemos citar vários temas que desencadeiam ciclos viciosos, direta ou indiretamente: raiva, inveja, medo, tristeza, ressentimento, orgulho, apego, etc. Diversas também são as atitudes adotadas diante das situações: resistência, paralisia, agressividade, fuga, somatização, dentre outras. Além disso, podemos identificar nos relacionamentos pessoais e profissionais certos padrões cristalizados, por exemplo, a submissão e a dominação. As perdas financeiras, os acidentes, as traições e os fracassos também devem ser considerados e analisados amplamente, pois constituem fonte valiosa de crescimento.

Lembrando que somos seres espirituais transitoriamente encarnados em um corpo físico aqui na Terra, é imprescindível aproveitarmos todas as experiências seja qual for a situação em que nos encontramos agora. Faz-se mister que vivamos sempre com alegria e certeza. Nascemos como seres humanos para sermos felizes e exercer o livre-arbítrio com discernimento, convictos que TUDO, inclusive nós mesmos, é impermanente.

Após tanto sol, chuva, cimento, dor, lágrimas e muitas dúvidas, finalmente consegui sair desse mar escuro e revolto. Certamente colhi muitos frutos e alguns arranhões que deixarão marcas eternas. Porém, cada um deles serviu como luz que me guiou “de volta ao começo”, bem lá no início de minha história, me ajudando a recorrigir o caminho da vida.

Namastê! (O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em ti)

Texto revisado por Cris
Publicado dia 28/10/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14



Autor: Andréa Oliveira   
Sou Pedagoga, Terapeuta Transpessoal e Mestre de Reiki Usui Tibetano. Faço atendimentos em Terapia Transpessoal, Reikiterapia, Tarô Terapêutico, e ministro cursos de iniciação em Reiki.
E-mail: luzdoser@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa