auravide auravide

Desabafo



Até quando teremos que nos conformar? Até quando teremos que esperar uma intervenção Divina para dar cabo às nossas aflições? Até quando teremos que nos deprimir por não sabermos o que fazer? Não são poucas as razões que entorpecem e desafiam a razão mais equilibrada que possa ser. Porque tudo é tão óbvio e explícito e não somos capazes de reverter esse estado de vergonha nacional em que vivemos?

Tenho a nítida impressão de que todos os brasileiros estão cansados da abundante violência, do arrogante abandono político, do conservadorismo religioso, da superficialidade nas relações humanas, do avassalador sistema econômico, e pergunto a todos: o que fazer?

Sabemos as causas de nossa pouca felicidade e não somos suficientemente eficazes em combatê-las. Será mesmo preciso uma efetiva intervenção Divina nos destinos humanos para modificar um estado de coisas que foi engenhosamente concebido por uma minoria de humanos e "sugerida" a outros tantos? Será essa nossa única esperança? O que faz nossa maravilhosa classe artística, além de arte? O que fazem nossos respeitáveis líderes de esquerda, além de oposição? O que fazem aqueles que sonham, além de acordar?

Os minutos passam, os dias se perdem nos ralos dos meses e os anos passam; nossas crianças se tornam adultos e absolutamente nada muda neste país. A não ser a dor que alcança cada vez mais pessoas, pela perda de um filho querido, pela fome que aperta o estômago, pela vergonha de ser brasileiro. Até quando? Até o próximo discurso?

Texto revisado por Cris
Publicado dia 22/3/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa