auravide auravide

Desejos, convicções e realizações

por Bernardino Nilton Nascimento

Publicado dia 20/9/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Quando conseguimos manifestar o conjunto das energias existentes dentro de nós, muita coisa muda para melhor. Você precisa experimentar o desejo de obter os verdadeiros sonhos idealizados por você, e ser criativo para consegui-los. Quanto mais acredita no seu objetivo e na possibilidade de atingi-lo, mais chances vai ter de realizá-los. 

É muito importante que você esteja querendo realmente aquilo que está buscando. Às vezes, perseguimos certos objetivos sem verdadeiramente querermos atingi-los. Muitos se contentam com o simples processo de busca. 

Uma parte importante no processo das realizações dos desejos é desenvolver o senso de prosperidade. A prosperidade que estou me referindo não é só a riqueza material, mas, também, a evolução espiritual e emocional.

Umas das coisas mais comuns no fracasso é buscar o que deseja com a idéia de carência. Isso é uma atitude, ou melhor, uma série de convicções sobre a vida que costuma ser automaticamente formulada pela mente. “Estou cheio de dívidas!” O melhor é dizer que tem muitas contas para pagar, e vai pagá-las o mais rapidamente possível. Quanto mais se fala em dívidas, mais elas te acompanham. As palavras são como um mantra: quanto mais repetidas, mais eco elas produzem.
Então, o melhor que você pode fazer é prestar atenção no que está falando, e mesmo que a situação esteja aparentemente ruim, a pronúncia deve ser sempre positiva. 

“É mais nobre e digno ser pobre”. Essa convicção é falsa. Ela é baseada na falta de compreensão de como o Universo funciona ou da interpretação equivocada dos fracassados. Não vai beneficiá-lo. Simplesmente, impede-o de realizar seu estado natural de prosperidade e plenitude, em todos os níveis. 
Os objetivos não nascem de suas carências ou desencontros interiores. Muitos desejos não são realizados por conta dos seus desequilíbrios, e acabam simplesmente deixando de existir. Você deve buscar seus desejos traçando metas verdadeiras. 

É sempre bom lembrar que é no sentido da verdade que o Universo trabalha. A vida coloca ao seu alcance os meios necessários à realização das vontades, que brotam de maneira equilibrada, consciente e autêntica. Quanto mais equilibrado estiver, mais condição terá de concretizar o que deseja. Mas antes, tem que aprender a amar a si mesmo. Porém, o mais difícil é aprender a assumir as coisas que detesta: aquela parte que, por ter sido censurada e punida, você aprendeu a odiar, e paga por negar. 

Quando começar a reconhecer e a aceitar todos os aspectos de si mesmo, será capaz de sentir mais compaixão pelos outros. Porque aquilo que você se dá conta, critica e nega a si próprio, tende a atacar nos outros. Então, na medida em que você toma consciência e torna tudo mais aparente, trata deles em si mesmo, e corre menos riscos de rejeitá-los nos outros.

Lembrete: desejando a felicidade do próximo, estará automaticamente realizando a sua. 
 

BNN

Texto revisado


 



Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 72

foto-autor
Sobre o Autor: Bernardino Nilton Nascimento   
"Não seja um investigador de defeitos, seja um descobridor de virtudes"./ "Quando a ansiedade assume a frente, as soluções vão para o final da fila"./ "Quando os ventos do Universo resolve soprar a favor, até os erros dão certo". BNN
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa