auravide auravide

DEUS SOBRENATURAL

por Sônia Vianna

Publicado dia 16/1/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


DEUS SOBRENATURAL - RELIGIÃO

Por que necessitamos de uma religião se nem sabemos dizer o que é uma religião?
Se perguntarmos a uma criança o que é religião, certamente ela diria que não sabe, ou então perguntaria se é o que explica sobre Deus. Se perguntarmos a um jovem, sem religião definida, certamente ele diria que religião é um modo de controlar as pessoas. Eu fiz essa experiência e é exatamente isso que eles pensam, e mais, eles estão certos, a religião é de fato o que explica ou tenta explicar Deus e é também um conjunto de regras, crenças e rituais que controlam e limitam o ser.
No dicionário, lá está escrito que religião é a crença em algo maior, em uma força sobrenatural, mas me pergunto, sobrenatural?

Então, Deus não é natural?

Não é da natureza então Deus?

Se não é da natureza então é criado?

Chega a assustar. Não entendo assim religião, mas compreendo como um conjunto de idéias, conceitos filosóficos, convenientes para uns, valioso até em estudos científicos. Religião é a devoção a Deus, deusas, entidades; é um ponto de referência limitando o pensamento, o sentimento e o ser.

Pensei... Quem sou eu para tentar decifrar as religiões, ou mesmo a necessidade delas. Mas as religiões nos fazem nos sentir responsáveis por termos ou não uma religião, por sermos ou não religiosos; nos julgam por termos uma religião e nos julgam por não termos religião alguma e ainda julgam as religiões, uma as outras. Então me sinto sim responsável, mas em compreender o que tanto perturba o ser humano em todas as épocas e lugares, pois desde sempre, em toda a existência, em todos os históricos lá estão relatos sobre a religião, crença, mito, enfim, sobre o sobrenatural, o divino, o superior...
Outra vez me pego me questionando... sobrenatural? Divino? Superior?
Sobrenatural me faz pensar em algo inexplicável, porém sem ser da natureza, uma possível criação.
Imaginação?
Fantasia?
Se criado chegariam ao pensamento sobre o nada, tentaríamos imaginar o mundo zero, o início e seria angustiante, pois sabemos que ainda não estaríamos prontos para tais respostas. E divino seria proveniente de Deus, logo Deus seria proveniente dele mesmo, logo já existiria Deus antes de Deus e superior, que nos diz ser maior em poder, melhor em sabedoria, virtuoso, elevado em todos os aspectos, mas elevado a que?
Mas se pensar então pelo Cristianismo, Catolicismo, lá está na Bíblia dizendo que Deus nos fez semelhante. Semelhante?
Seríamos então semelhantes ao sobrenatural, semelhante ao divino, semelhante ao superior?
Assim, perderia o valor a palavra superior e o sobrenatural, pois somos da natureza, naturalmente humanos, mas eu compreenderia que somos então divinos também, pois somos provenientes de Deus, ou não?

Bom, não sei por que temos que ter uma religião, mas talvez tenhamos mesmo que ter uma crença em algo que nos justifique nossa existência, nossas dúvidas; algo que nos indique que algo mais existe além da razão, além do nosso entendimento, mas que carregamos no nosso íntimo sem perceber e quando for preciso, lá está nosso interior feito um interruptor de luz pronto para ser ligado, acionado de modo a iluminar algum momento.
Há relatos históricos de que sempre houve uma crença maior; é a necessidade humana de compreender o porquê estamos aqui, como viemos parar aqui, como tudo começou, estas perguntas que assombram toda a humanidade desde o início dos tempos, e ninguém nunca soube responder, ao menos eu não tenho consciência dessas respostas. Talvez.

Por muito tempo eu ignorei essas perguntas, talvez para não me sentir inferior por não ter as respostas. Talvez eu tenha menosprezado essas dúvidas por já ter consciência da impossibilidade das respostas, ou por não acreditar, mas ao menos não me sinto presa a essas perguntas, mas as tenho também dentro de mim, assim como tenho a fé em Deus, mesmo que seja algo sobrenatural, pois pra mim é tão natural quanto tudo o que há, pois até mesmo o que criamos, de certa forma é natural, pois é natural do homem criar, assim como foi com Deus, como dizem nosso Pai Criador, criou a luz, o céu, a terra e tudo que há nela, e criou o homem livre seu semelhante e com poder criador, e o que o homem fez em todos esses anos com o poder divino que possui? Destruiu.
O homem vem criando, criando e sem perceber criou sua própria destruição. Entre tantas criações, criou o desprezo pela criação de Deus, seu Pai Criador, e eu pergunto:
O que se espera viver o homem com tanto desprezo por si mesmo?

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9

foto-autor
Autor: Sônia Vianna   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa