Somos Todos UM Autoconhecimento
O Portal de

Autoconhecimento

e Espiritualidade

Autoconhecimento



Dinheiro, maldição ou bênção?  
Home > Autoconhecimento
Dinheiro, maldição ou bênção?

por Roberto Debski

Compartilhe
   


Dinheiro é uma energia de troca. Em si não é bom nem mau.
Seu uso determinará sua função e gerará consequências sistêmicas, negativas ou positivas.

Dependendo do que fazemos com ele, pode trazer sofrimento e maldições familiares ou ser muito útil e gerar múltiplas bênçãos.

Podemos usá-lo para ter "poder", humilhar, fugir de medos, nos afastarmos ilusoriamente da insegurança, ou para facilitar nossos caminhos e de outros, ajudar com ordem, contribuir com nossa missão, gerar Mais para o mundo.

As escolhas dependerão do alcance de nossa visão e consciência sistêmica, e de aprendermos a assumir a "má consciência" saindo das impregnadas e herdadas crenças familiares sobre o dinheiro: "dinheiro é sujo", "quem é rico deve ter roubado", "dinheiro não é importante", "nossa família é pobre mas honesta" e outras, às quais nos aprisionamos. Na alma, precisamos ter a autorização e permissão para sair dos padrões de lealdade familiar à pobreza e às dificuldades.

Tudo o que foi dito até aqui sobre o dinheiro, pode ser aplicado para a sexualidade, também uma poderosa energia de vida, que deve ser usada de maneira responsável e saudável para gerar e aprofundar vínculos.

O dinheiro, assim como a sexualidade, são energias do adulto, e crianças não deveriam lidar com nenhuma delas, ou se trata de abuso.

Quando somos adultos presos em dinâmicas infantis, usamos ambos de maneira doentia e disfuncional gerando sofrimento e dor para nós e nossos sistemas.

Há pessoas que só querem receber, acham que muito lhes é devido, pouco dão ou valorizam o trabalho de outros, fazem tudo para não pagar. Estes ainda são "crianças" na fase oral, cobrando da mãe (ou do pai) o amor que julgam lhes ter sido sonegado. Podem ter dinheiro mas não prosperam, não tem sucesso verdadeiro.

Prosperidade vai muito além de ter dinheiro. Há quem tenha dinheiro além do que pode gastar e sofre, é depressivo e infeliz. Estes não circulam a energia da Vida, e estagnação é igual à morte. Seus valores só se atem à matéria, não se apropriam de seu futuro, são desconectados de sua (nossa) missão divina.

Destes ouvimos muitos falarem, uns com inveja, outros com compaixão que: "é tão pobre que só tem dinheiro".

Viver a Prosperidade é estar conectado com energia de Vida, à polaridade, ao Dar e Receber, sem julgamentos, à tudo que vem dos Pais, da ancestralidade, e do Universo.

A Roda da Abundância deve girar a fim de termos e vivermos de maneira próspera. Para isso devemos com a alma disponível conjugar quatro verbos: Declarar (declarações trazem força e determinam transformação), Solicitar (demonstra humildade e abertura para receber), Agir (colocar a energia em movimento) e Agradecer (fazemos nossa parte e aguardamos o que deve ser, está tudo certo).

Com a visão sistêmica, através das constelações familiares de Bert Hellinger, desvelamos emaranhamentos familiares, nos identificamos com ascendentes que agiram de maneira prejudicial à outros e consequentemente à nosso sistema em relação ao dinheiro, tiveram atitudes não saudáveis, geraram exclusões e sofrimento. Isso clama ser visto para que possamos curar essa ferida sistêmica na família, incluir, desidentificar, respeitar destinos, honrar quem de direito.

Quando liberados, podemos enfim tomar para nós a Vida e abundância do universo.
Abençoamos o dinheiro e todos que sabem ganhá-lo de maneira sistêmica e saudável, gerando e circulando riqueza e prosperidade.
Quanto mais damos, sem medo, sem apego, com amor, mais abrimos espaço para receber. Energia e equilíbrio de troca em ação, Vida que pode ser expressa com Amor.

Enfim, podemos ser prósperos.

Fontes: formação Quantum Leap T. H. Eker, Obras de Bert Hellinger; conteúdo do curso de formação "Consciência Sistêmica", artigo no site STUM, reflexões do autor.

https://www.facebook.com/debskiroberto/


Texto Revisado


Consulte grátis
     
 
Compartilhe
   

Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
Dinheiro, maldição ou bênção?
5 2


Autor: Roberto Debski   
O Dr. Roberto é médico (CRM SP 58806) especialista em Acupuntura, Homeopatia e tem formação em Medicina Ortomolecular. Também é psicólogo (CRP 06/84803), Coach e Trainer em Programação Neuro-Linguistica com certificação Internacional e constelador sistêmico familiar. Acompanhe nossos próximos eventos! 
E-mail: rodebski@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Publicado em 20/02/2018

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




Energias para Hoje
sexta-feira, 20 de julho de 2018


energia
I-Ching: 08 – PI – MANTER-SE UNIDO
Momento favorável à solidariedade. O isolamento enfraquece, a união faz a força. Colabore.


energia
Runas: Jera
Desfechos benéficos e resultados tangíveis para hoje.


20
Numerologia: Cooperação
O dia pede calma e tranqüilidade. Trabalhe em cooperação com os outros. Nada de agitação uma posição de quietude será benéfica hoje. Inspire outros a atingirem seu potencial máximo. Tenha cumplicidade.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. Se você não se posiciona, não adianta reclamar da inconveniência do outro!
2. Enfrente seus medos
3. Como é um relacionamento ideal para você?
4. Quem são os abusadores emocionais perversos e como agem?
5. Aceite seus sentimentos
6. Falando de chacras e iniciações espirituais
7. Por que Você é assim?
8. Por que há espíritos negativos?



 
© Copyright 2000 - 2018 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade