auravide auravide

Divino amor

por Adriana Garibaldi

Publicado dia 18/4/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


O amor e a grande chama de Deus que flui em benefício de toda sua criação. Somente nesse fluxo constante de energia e bênçãos, sereis capazes de crescer em espírito e integrar-vos à grande unidade cósmica que representa o propósito divino para todos os seres.

Muito difícil definir esse termo - AMOR - e mais difícil ainda sentir-lho na sua totalidade. Quase nenhuma criatura, em trânsito no planeta, consegue sequer compreender esse sentimento que é capaz de remover de seu interior todas as dores, apagando com sua luz benfazeja todo e qualquer mal que o tenha afincado ao carro de reencarnações dolorosas.

A criatura que consegue vivenciar dentro de si uma pequena fagulha do amor divino, incondicional, grandioso e pleno de poder, terá as portas abertas ao recinto sagrado do espírito, onde a luz cristalina de Deus habita. Grande salto quântico que é capaz de imprimir em consciências limitadas, um raio ilimitado de verdadeiro poder, de profunda grandeza, de majestosa luz.

Dizeis habitualmente que “Deus é amor” e, com isso, estais expressando uma verdade muito maior e mais ampla do que realmente podeis conceber. Sabemos que muitas frases quando repetidas mecanicamente não conseguem atingir os corações tocando-os com a plena convicção que poderia conduzir-vos a uma admirável ação, a procura de uma vivência palpável, dentro de vós. A respeito disso é fundamental que acrediteis, com toda a força de vosso coração, que vos é possível partir à procura de uma experiência que ultrapasse o vosso campo mental, movimentando-vos pelo vasto terreno do puro sentir, da pura e sublimada emoção.

Falar do Divino Amor não é o mesmo que senti-lo na sua totalidade. Aquele que consegue esse prodígio oculto, se liberta de toda limitação, de toda recapitulação dolorosa, brilha com o esplendor sublimado das esferas celestiais, deslizando num rio de vida abundante, de puro júbilo.

Os caminhos do amor precisam ser percorridos passo a passo. O seu elixir sagrado sorvido gole a gole. Procurai, em primeiro lugar, armar-vos a vós mesmos. Sem vos amar, não será possível, amardes os outros seres. Conhecereis o amor, permitindo com que ele se derrame em vosso benefício, das mãos amorosas de Deus. Após conseguirdes isso, o manancial de vida eterna dentro de vós, será capaz de derramar-se em proveito das outras criaturas. Após alcançardes esse sublime propósito, voltai-vos para aqueles que de alguma forma magoastes, ou vos magoaram, vendo-os como expressões vivas e luminosas de Deus, pedindo-lhes perdão ou perdoando-os, sincera e humildemente.

Perdoai-vos de igual modo, por deixar-vos arrastar pelo medo, pela mágoa ou pelo rancor. E o amor de Deus, o Divino Amor, começará a fazer parte de vossa realidade, libertando-vos a cada dia para uma vida abundante e luminosa.

Mestre Hilarion

Mensagem canalizada

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 6

foto-autor
Sobre o Autor: Adriana Garibaldi   
Confira minha página no Facebook
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa