auravide auravide

Do Sexo ao Samadhi 2



A síntese definitiva acontece no sahasrar, o chacra coroado. Por causa desse sahasrar, todos os reis, imperadores, monarcas e rainhas do mundo, usam a coroa. Isso tornou-se formal, mas basicamente isso foi aceito porque a menos que seu sahasrar esteja funcionando, como você pode ser um monarca, um rei? Como você pode governar pessoas se você nem mesmo governa a si mesmo? No símbolo da coroa está escondido um segredo. O segredo é que uma pessoa que alcançou o centro da coroa, a síntese definitiva de seu ser – somente ele deve ser o rei ou rainha, mais ninguém. Somente ele é capaz de governar outros, porque ele conseguiu governar a si próprio. Tornou-se mestre de si mesmo; agora ele também pode auxiliar os outros.

Realmente, quando você alcança o sahasrar, uma coroa floresce dentro de você, uma lótus de mil e uma pétalas se abre. Nenhuma coroa pode ser comparado com isso, mas isso tornou-se apenas um símbolo e o símbolo tem existido por todo o mundo. Isso simplesmente mostra que em toda parte as pessoas se tornaram cônscias e alertas, de um modo ou de outro, da suprema síntese no sahasrar. Os Judeus usam o boné; exatamente sobre o sahasrar. Os Hindus permitem um cacho de cabelos – eles chamam de choti, o pico – crescer exatamente no ponto onde está o sahasrar. Existem algumas sociedades Cristãs que raspam exatamente essa parte da cabeça. Quando um mestre abençoa um discípulo, ele coloca sua mão sobre o sahasrar. Se o discípulo for realmente receptivo, rendido, subitamente, ele irá sentir uma erupção de energia, percorrendo a partir do centro sexual até o sahasrar.

A última síntese é do objeto e sujeito, o exterior e interior, de novo. Num orgasmo sexual interior e exterior se encontram, porém momentaneamente. No sahasrar eles se unem permanentemente. É por isso que digo que a pessoa precisa ir do sexo ao samadhi. No sexo noventa e nove por cento é sexo, um por cento é sahasrar; no sahasrar noventa e nove por cento é sahasrar, um por cento é sexo. Eles estão juntos, estão interligados, por profundas correntes de energia. Portanto, se você desfrutou do sexo, não faça lá sua moradia. Sexo é somente um vislumbre do sahasrar. O sahasrar irá proporcionar milhares, milhões de bem aventuranças, de bênçãos a você.

O exterior e interior se unem, Eu e tu se encontram, homem e mulher se unem, yin e yang se unem; e a união é absoluta. Desse modo não há divisão, assim não há nenhum divórcio.

Isso é chamado de yoga. Yoga significa o encontro de dois em um. No Cristianismo os místicos chamaram de união mística; essa é a tradução exata de yoga, união mística... união misteriosa. No sahasrar o alfa e omega se encontram, o princípio e o fim.

O princípio está no centro do sexo, sexo é o seu alfa; samadhi é o seu omega. E a menos que alfa e omega se encontrem, a menos que você tenha alcançado essa suprema união, você irá permanecer miserável, porque esse é seu destino. Você permanecerá incompleto. Você só pode ser realizado nesse mais elevado pico da síntese.

Yoga: The Alpha and Omega
Leia o início em Do sexo ao samadhi.

Um abraço carinhoso.
Sahwenya

Texto revisado por Cris
Publicado dia 4/11/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa