auravide auravide

Em busca da cura emocional


Facebook   E-mail   Whatsapp

É curioso como ainda separamos ou diferenciamos o tratamento dado ao nosso corpo físico daquele oferecido aos nossos outros corpos. Quais? Os corpos mental, emocional, a parte que não vemos. Mas sentimos muito esses corpos... e como sentimos!

Quando estamos com alguma dor, algum sintoma físico que muito nos incomoda, logo pensamos em procurar um médico, concluindo que nele encontraremos uma cura para o nosso problema. É o primeiro pensamento que temos. Mas por que diante de enormes desconfortos emocionais, tristeza, mágoa, raiva, impaciência, ansiedade, entre tantos outros sintomas, achamos que "vai passar", "é normal", "vai curar sozinho" e que não precisamos de ajuda alguma? Muitas vezes os sintomas emocionais são até mais incômodos que os físicos, doem, latejam, ferem tanto quanto na carne e -- mesmo assim – não procuramos ajuda alguma.

Aí vão me perguntar: mas não é normal ficar triste? Ansioso? Sentir raiva? Sim, claro. Mas em que nível? Se a tristeza lhe impede de sorrir indefinidamente, se você sente raiva sempre e isto passou a fazer parte de sua personalidade, se a ansiedade atrapalha seu dia a dia ou acaba causando conseqüências no físico... é hora de cuidar. Enfim, existem níveis de incômodo e de cuidados com as emoções.

Vemos muitos textos sobre os cuidados com nosso corpo físico -- novas dietas, alimentos, pesquisas, exames avançados, novos tipos de exercício -- mas, embora já vejamos uma grande busca por "mais qualidade de vida" que inclui cuidar também da saúde emocional e mental, ainda encontramos a busca pela melhoria da condição emocional relegada ao campo da psicologia, ou até muita gente que considera terapia besteira ou coisa de "autoajuda", muitas vezes encarada com deboche ou como "frescura".

Se lhe faz mal, não é frescura. Se você não está em paz, não é frescura. Se você não está dando conta do que está acontecendo, procure ajuda. Hoje existem tantas técnicas maravilhosas, tantos profissionais capacitados, seja porque estudaram muito, seja porque desenvolveram suas próprias técnicas de cura emocional ao custo de muita pesquisa e autoconhecimento. Tem muita coisa boa no mercado. Basta procurar, experimentar e usar muito a intuição.

Mas é sempre bom lembrar que não existe cura imediata – embora existam técnicas surpreendentemente rápidas de cura emocional. Quase sempre é preciso um processo de consciência mesmo, de entendimento das origens dos problemas emocionais ou simplesmente uma grande capacidade de desapego. Porque sim, são muitos os casos de pessoas que se acostumaram com condições emocionais adversas e não querem se livrar delas. Simplesmente porque deixar de sofrer as levaria para um novo futuro incerto que leva à sensação de insegurança. Mas, este caso, por si só já daria outro post.

Nossa busca pela saúde emocional e mental deve ser constante. Porque, sabendo ou não, muitas vezes o desequilíbrio passa para o físico e aí pode ser tarde até para reverter ou acabarmos passando por sintomas físicos muito difíceis trazidos pelos desequilíbrios mental e emocional. Por que não pensarmos em nossos alimentos emocionais, naquilo que alimenta também nosso mental e até nossos comportamentos? Que tal darmos mais atenção à nossa saúde de forma global? Vale a pena!

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Bela Medeiros   
Carioca, Publicitária e Terapeuta Floral, atendo também com a Mesa Radiônica, Tarot e Baralho Cigano. Agende sua consulta online ou presencialmente no Rio de Janeiro.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa