auravide auravide

Espiritualidade é Amor

por Marcos Spagnuolo Souza

Publicado dia 2/11/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Estamos vivendo em um mundo bastante conturbado devido à busca incessante de produção e consumo. Temos que produzir cada vez mais para ganharmos mais dinheiro para que possamos consumir desenfreadamente. Esta vivência dentro de um círculo contínuo e vicioso possui sua origem na nossa própria visão de vida que elaborou um modelo de viver fundamentado no materialismo onde a felicidade ou objetivo da vida está no consumo. Nessa estonteante maneira de viver perdemos o tempo para meditar no real sentido de nossa curta existência nesse mundo de passagem.

Hoje, depois de ter percorrido a maior parte do itinerário nesse mundo de uma forma bastante conturbada e sem significado, estou feliz por ter desvelado o significado da vida nessa dimensão que estamos inseridos que é vivenciar plenamente o amor.

Quando falamos que Deus é amor e através do amor nos unimos a Deus ou que devemos amor ao próximo ou que através do amor podemos construir uma família harmoniosa ou sociedade perfeita, muitas vezes não entendemos o significado da palavra amor no sentido vivencial. Amor é: verdade; não-violência; cooperação; tolerância; desapego e paz interior e exterior.

Amor é verdade: cada pessoa é única no universo; assim sendo, através das leituras, reflexões e meditações cada ser humano deve elaborar a sua própria visão de vida ou sua verdade. A verdade de cada pessoa a coloca nessa vida e na próxima em agrupamento harmônico com sentido que estruturou para viver.

Amor é não-violência: não temos o direito de destruir aquilo que não construímos, não temos o direito de tirar a vida de nada no mundo, pois não somos os doadores da vida. Não podemos violentar o pensamento de nenhuma pessoa, não podemos obrigar a nenhum ser vivo a fazer aquilo que ele não quer fazer.

Amor é cooperação: cooperar é ajudar o outro no nível micro, meso e macro. Ajudar as pessoas que conhecemos dentro do nosso círculo, as pessoas que não conhecemos e que estão inseridas dentro da nossa sociedade e, finalmente, em nível global. A cooperação é prestar auxílio, é dar um pouco de si mesmo ao outro, é vivenciar o bem comum.

Amor é tolerância: tolerância é ter consciência que cada pessoa possui o direito de ter sua própria visão de vida.

Amor é desapego: devemos saber que nada nos pertence, não temos a posse de nada e estamos apenas usufruindo de alguma coisa por um pequeno espaço de tempo. Os nossos filhos, a nossa casa, o nosso carro, o nosso corpo não nos pertencem. Tudo nos será retirado no momento certo.

Amor é paz interior e exterior: paz é tranqüilidade, ausência de conflito, é silêncio da mente.

A origem do amor está na consciência (alma) e a consciência está diretamente unida a Deus. Deus é Amor. Vivenciando o amor nos fundiremos ao amor que é Deus.

Deus nos chama para a santificação e santificação é amor e amor é luz, assim sendo devemos andar como filhos da luz.

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 25

Autor: Marcos Spagnuolo Souza   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Qual é a sua ambição?
artigo Porque estamos novamente falando da Era de Aquário?
artigo O Universo num Corpo Humano
artigo A noite escura, de são joão da cruz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa