Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
Home > Autoconhecimento
Estratégias dos sabotadores internos para permanecermos na zona de conforto

Estratégias dos sabotadores internos para permanecermos na zona de conforto

por Viviane Draghetti
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura


Sempre que não temos coragem de dar mais um passo, estamos na zona de conforto, julgamos os outros, a fim de diminuir a falta de autoconfiança e coragem para ir adiante.
Temos o hábito negativo de nos julgarmos e, consequentemente, julgarmos os outros. E julgamos muito, embora digamos que não! Com palavras, olhares, pensamentos.
Somente quando estamos com atenção plena no presente, percebendo quais os pensamentos que invadem nossa mente (por que os pensamentos invadem, sem pedir permissão ou bater na porta!), percebemos o quanto estamos sempre julgando, ou seja, querendo ter "uma opinião formada sobre tudo".
E ter "uma opinião formada sobre tudo" massageia o ego, pois nos traz a falsa sensação de controle sobre os pensamentos e vida, mas em nada ajuda.

Assim, o hábito de julgar é um grande sabotador, que tem estratégias para que fiquemos travados, parados, usando justificativas para os nossos fracassos, através da crítica ao externo. Isso nos tira a força para ir adiante e nos traz um conforto ilusório com o que não está bom na nossa vida, ou seja, com aquilo que não temos persistência para mudar.
Vou citar alguns exemplos para que você possa compreender. Talvez você já tenha dito ou pensado nisso, sem perceber, ou conhece alguém que age dessa forma.

Quando não se tem disciplina para cuidar do corpo físico, critica-se quem cuida, quem se exercita, usando aquelas frases "mas o físico não importa, importa a alma leve", ou ainda, "ela só pensa no fisico, deve estar mal espiritualmente". E na verdade, o físico também faz parte da alma aqui na Terra e precisa de cuidados.
Sem confiança no trabalho desempenhado, critica-se o trabalho dos outros, achando defeitos, a fim de amenizar a falta de autoestima e dificuldade de autoaceitação.

Estando na zona de conforto, com preguiça de colocar em prática seus projetos, ou ainda, falta de confiança, critica-se quem está agindo/concretizando, dizendo "fulano está correndo demais, está muito apressado". Na verdade, é preciso respeitar o tempo de cada um, a sua pressa pode ser o ritmo normal do outro!

Quando alguém muda seu caminho espiritual, ouve que vai sofrer, pois o "acusador" tem a ilusão que somente o que segue é o correto e melhor! E sabemos que não existe certo ou errado!
Quando não se tem coragem de buscar um relacionamento saudável, esconde-se a solidão e carência, julgando o relacionamento e felicidade externa.

Quero dizer que toda a crítica ao externo, no fundo, esconde uma vontade que não conseguimos satisfazer, uma insatisfação constante e inconsciente, seja por medo, falta de autoestima, pocrastinação, preguiça.

E o que fazer? Em primeiro lugar, observe sua mente, com clareza, perceba no que pensa: naquilo que você quer e gosta ou na vida e projetos dos outros?

Anote em um papel todas as vezes que julga, em um dia, e acredite, vai se surpreender. Perceba o quanto desse julgamento tem a ver com você e não com o "julgado".

Após, olhe para você com mais amor e foque no que é importante na sua vida, não naquilo que os outros estão fazendo. Progrida pelo seu mérito, não permita que seus sabotadores internos, justifiquem seu fracasso, indisciplina e preguiça criticando e julgando os outros. O conforto com essa atitude é totalmente ilusório e impermantente e lhe deixa na zona de conforto, na posição de vítima, distante de sua essência.

  < Clique ao lado para abrir a versão em espanhol
Texto Revisado

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 20/01/2019

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo



Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa