auravide auravide

Evocar X Transformar

por Flávia Pelegrini

Publicado dia 17/11/2020 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Quero começar esse artigo explanando um pouco sobre o ato de se evocar algo...
Evocar (verbo)· transitivo direto
- chamar (algo, ger. sobrenatural), fazendo com que apareça.
"Evocou todos os santos que conhecia para ajudá-lo naquela hora".
· transitivo direto
- tornar (algo) presente pelo exercício da memória e/ou da imaginação; lembrar.
"Saudoso, evocava a infância com frequência".
Lembro-me muito de uma série na TV sobre uma personagem psicopata; o ator fez um trabalho excepcional e foi fundo naquilo tudo. Em uma reportagem, ele dizia não ter criado uma personagem, mas sim ter “evocado” o psicopata em si para fazer tal atuação de maneira tão brilhante! Após o término do trabalho, ele relatou que precisou de acompanhamento profissional de psicólogos para se desvencilhar da força do personagem ‘evocado’.
Toco neste tema pois pessoalmente durante muitos anos fiz atendimentos terapêuticos em centenas de pessoas, cujas fichas de atendimento com detalhes dos relatos e progressos mantenho arquivadas até o dia de hoje, e vez ou outra as revisito.
Estes anos de experiência me mostraram que, em uma sessão terapêutica, a maioria das pessoas tem muita facilidade em visitar suas dores e fraquezas, e um tanto quanto já condicionadas, as pessoas em geral procuram a terapia exatamente para isso... mal começam a se abrir e já vão vertendo água pelos olhos, tamanha as dores e acúmulos que trazem.

Em outras situações, no caso de pessoas mais fechadas, existem muitos métodos que tenho observado nos tempos atuais, que estão sendo aplicados de modo a direcionar a pessoa para que ela mergulhe fundo e “evoque” novamente as vivências doloridas, ou até... sugestione à pessoa dores que ela mesma não conhecia de maneira consciente.
O que eu aprendi durante esses anos é que em se tratando de superação, pois a meu ver é disso que as terapias tratam, não vale a pena alimentar fraquezas! Compreendi que por mais que temporariamente aquele “vir à tona” proporcione alívio... a pessoa ainda continua com aquela dor latente, até o próximo acúmulo novamente se manifestar!
Eu sempre me esforcei em “distrair” de certa forma a pessoa da dor, para assim poder ter acesso à uma possibilidade real de Transformação... Explico:

Particularmente, nunca consegui ter uma postura de comoção diante dessas emoções durante uma sessão terapêutica, pois sempre acreditei em algo muito simples e direto: Alimentar ritmicamente a polaridade oposta para conseguir o equilíbrio e superação da questão em foco.

Respeito outras formas de trabalho, apenas exponho aqui a minha experiência. Explicando melhor, sempre acreditei que onde existe fraqueza, sofrimento, angústia... falta coragem, força, reconhecimento, agradecimento e amor. Simples assim! E daí comecei a desenvolver métodos para inserir nos corpos mentais e emocionais, essas polaridades faltantes em forma de “programações” ...e a Natureza é tão perfeita que está repleta desses impulsos vívidos! ...daí o Sistema Mineralih!

E agora, sim, posso dizer o que sempre me comoveu! Observar alguém tomando um impulso de força e coragem que fora inserido, para assim ativar a força e a coragem natas em si... quase como um desfibrilador... onde por um pulso elétrico a pessoa se agarra novamente à vida! E então, feito! Isso sim me comove!
Claro que o ritmo do tratamento e a frequência, assim como a decisão de se manter ou não na polaridade vitoriosa, sempre é de responsabilidade/escolha da pessoa que está sendo atendida.
Isso tudo que relato aqui parece simples mas é muito profundo... e é muito do que está por trás dos Elixires Mineralih, aliás... do Sistema como um todo: Elixires e Áudios de Reprogramação Mental... impulsos energéticos que represam em si forças naturais... geometrias, raios e sons frequênciais que tratam de “ativar” forças e coragens natas.

Dentro de nós existem várias câmaras secretas... temos que ter muita sabedoria par escolher bem o que evocar... pois trazer à luz, é o mesmo que dar alimento e vivificar! Muitos tratam isso como liberações, mas não se enganem... não é possível liberar de nós o que somos! “Na natureza nada se cria e nada se perde, tudo se transforma!”

Também não estou dizendo que temos que ignorar essas camadas mais obscuras... pelo contrário, autoconhecimento é fundamental... mas se perder em si, não é se conhecer... é se perder! O verdadeiro autoconhecimento sobre o microcosmos, só é possível, se colocado em analogia com o macro... mas isso é assunto para um outro artigo!
O que quero enfatizar aqui é que o Sistema Mineralih trata de Transformação através das Forças Universais... isso é fato!

Se pude contribuir com algo, fico feliz! Espero que estas linhas tenham somado de alguma forma.
Flávia Pelegrini - Criadora do Sistema Mineralih

Texto Revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5

foto-autor
Sobre o Autor: Flávia Pelegrini   
Terapeuta Holística e Vibracional -CRTH-BR1654. Radiestesista - Pessoal, Empresarial e Geobiologia -ABRAD1202. Dra Honoris Causa em Mentalismo, Parapsicologia e Medicina Vibracional pela Albert Schweitzer University. Criadora do Sistema Mineralih de Elixires de Cristais e Pedras Preciosas Mestre Reiki. Cursos e Vivências.
E-mail: flaviapnog@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Pontes Imagináveis
artigo Auto avaliação
artigo Recado espiritual de um Amparador Budista
artigo O que significa viver no presente?

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa