auravide auravide

EXERCÍCIO - Que peso voce dá às opiniões dos outros?

por Silvana Giudice

Publicado dia 3/5/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Que peso você dá às opiniões dos outros? O peso de validar ou ameaçar o sentido do seu próprio EU?

Colocando as opiniões dos outros como VERDADES, estamos deixando de lado a maior riqueza no processo do nosso autoconhecimento: ouvir a "sabedoria do nosso coração".
Não podemos fazer contato com o coração enquanto estivermos controlando as opiniões dos outros.

Não há mal em obter informações, pontos de referência ou pedir a opinião a alguém. O que não podemos é dirigir nossa vida por meio de uma "delegação". Primeiro, devemos estabelecer contato com o centro da nossa sensibilidade, para depois conferirmos, atentarmos às opiniões dos outros. Aí, então, estaremos livres para nos tornarmos dependentes delas.

No livro "Um novo sistema de Numerologia", Dan Milmann propõe um exercício maravilhoso que propicia um caminho de volta ao CENTRO, de volta a um vigoroso sentido de autodireção sob a orientação da sua sabedoria interior. Veja:

1- No seu quarto de dormir ou na sala de estar faça para si mesmo um pequeno altar.
2- Faça, ou compre, um boneco que lhe pareça apropriado.
3- Coloque o seu "deus da opinião" sobre o altar e dê-lhe um nome.
4- Todas as manhãs, logo depois de levantar-se e antes de iniciar as atividades do dia, fique de quatro com as mãos e os joelhos no chão, diante do altar e diga alguma coisa: "Eu o adoro. Como estou me saindo? Estou fazendo a coisa certa?" Ou então: "Vá se catar!" Use as palavras que lhe pareçam apropriadas. Em seguida, vá fazer o que faz todos os dias.
5- Este exercício leva de 5 a 10 segundos e você só precisa fazê-lo durante 3 ou 4 semanas, até tornar-se plenamente consciente do problema, à medida em que ele surge na sua vida.

As coisas acontecem da seguinte maneira: quando os outros têm uma opinião a seu respeito, ou você imagina que eles têm uma opinião, diga a si próprio: "Puxa, essa pessoa parece boa como o deus lá de casa. Além disso, já o adorei hoje cedo. Será, que eu quero adorá-lo DE NOVO?"

Na próxima vez em que os outros enunciarem opiniões sobre quem você é, sobre como está, ou sobre o que está fazendo, agradeça-lhes o compartilhamento, reconheça-lhes a opinião e faça-os saberem: "Eis o que eu sou, eis de que preciso, eis o que estou fazendo". O fato de tirar o deus da opinão do pedestal abre caminho para você voltar a encontrar o seu próprio centro e a confiar no deus do seu coração. Você pode fazer a variação com o deus da comparação, da autoridade ou do dinheiro. Este exercício funciona eficazmente em qualquer um desses casos.

Comigo funcionou! Garanto que com você também irá funcionar. Boa sorte!

Silvana Giudice
Terapeuta holística
Verithas - Instituto de Desenvolvimento Humano
Rua Emilio Mallet, 314 - Tatuapé
(11)3586-8885 e 9590-0515
Recados: (11)3536-4003 com Andressa

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10

foto-autor
Sobre o Autor: Silvana Giudice   
Psicoterapeuta Reencarnacionista Numerologia Pessoal- Empresarial- Vocacional Terapia Floral Tarô Aconselhamento Endereço- Tatuapé- proxima Metrô Carrão telefone- (011) 3586-8885 e 98706-0806 Tatuapé- São Paulo mais informações- [email protected]
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Qual é a sua ambição?
artigo Porque estamos novamente falando da Era de Aquário?
artigo O Universo num Corpo Humano
artigo A noite escura, de são joão da cruz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa