auravide auravide

Experiência sensitiva



Acreditar que existe uma inteligência viva dentro de uma pedra é difícil para todos nós, mas dona Linda passou por alguns momentos de desespero, onde era quase certo a sua partida e teve uma experiência incomum após uma cirurgia, onde foi retirado parte do estômago.

Tenho certeza que cada coisa está em seu lugar, que não cai uma folha sem a permissão do Pai, e que chega uma hora na vida de todos nós em que a volta à casa de Deus é o que mais queremos.

Nesta ocasião estava dando continuidade aos cursos de magia e, já iniciada em outros mistérios, me sentia com força interior. Sim, porque antes dessas iniciações eu tinha medo de tudo, pois sentia a vibração de quem se aproximava de mim e ouvia os diálogos entre pessoas do meu convívio, mesmo de muito longe. Sabe como é, sentir e ouvir até o que nos entristece? Tinha vontade de ir para algum lugar e me isolar. Passava muito mal.

É tão bom sentir que podemos falar com o Criador e saciar nossa sede de amor. Isso desenvolveu em mim a confiança de que sou una com ele e respeitar o todo. Se ele está no alto, no meio, embaixo, por que temer? Nada está solto. Tudo traz Deus por natureza. Quantos caminhos teremos que trilhar, quantas estrelas, sóis e luas brilham neste momento? Todos somos irmãos e filhos de um único Pai. Trazemos o encanto, a doçura deste Divino Pai. Só devemos sentir gratidão por este amor imenso.

A vida se completa quando o amor por tudo brota em nossos corações. Olhar além do "ver" e "ser" junto com o povo-planta, o povo-pedra, fogo, água, terra, ar e tudo o mais que faz parte da criação. Isso nos traz esta segurança interior e também a fé para desenvolvermos o nosso espírito, ficarmos renovados, integrados e fortificados.

Neste dia em especial, fiquei muito triste com o pedido que dona Linda me fez: queria despedir-se de todos os filhos, pois não agüentava mais as dores. Vi que para chegar a pedir para ser socorrida, era grave. Assim mesmo preparei uma mandala medicinal. Com dificuldade coloquei dona Linda dentro do espaço mágico sentada em uma cadeira, pois a fraqueza era demais, a anemia e a desidratação eram visíveis.

Com bastante fé iniciei as orações e em dado momento ela se apagou, dormiu sentada. Comecei a chamar por seu nome, imaginei que era sono, pelo estado frágil que se encontrava, até a água lhe doía no estômago. Chamei e nada acontecia. Pensei melhor, resolvi continuar e terminar para depois fazer o que ela me havia pedido. Juntos, eu e o povo-pedra e o povo-planta, pedimos ao Criador pela sua cura. Assim que parei de orar ela acordou e me contou que teve um sonho bonito: que estava correndo num campo verde, florido e que seu corpo era jovem e não sentia dores.

Já no hospital teve que passar pela cirurgia e eu, de longe, fazendo mandala medicinal. Passada a fase mais crítica, Linda contou-me sobre umas pessoas de pedra que vieram alimentá-la, pois ela rezou baixinho pedindo a Deus que alguém lhe desse alimento. A fome era grande, então, um ser lhe trouxe uma sopa. Ela contou que conversou e tocou em um deles. Sentiu profundo amor e pediu para ele colocar as mãos no lugar da dor, pois tinha convicção de que ia ser curada. Descreveu que o outro, com estatura maior, tinha aparência de ser feito de uma pedra vermelha que brilhava feito rubi. Outros seres de aspectos diferentes de pedra e de terra também conversaram muito com ela.

Por seu relato deu para entender que se tratava de outra realidade que interagiu com ela. O fato é que ela fala com estes seres até hoje, recebe orientações para sua saúde e conta como é o lugar, o solo, as paredes, o céu e descreve muitos objetos e os diálogos que trocam. Dá para imaginar como deve ser linda essa dimensão.

Deixo aqui um poema dos índios norte-americanos que, na sua sabedoria, nos falam grandes verdades nas cartas do caminho sagrado.

"Mistério ensina-me a honrar
As leis do Espaço Sagrado.
Os costumes e tradições
De todos os credos e raças.
Grande Mistério, ensina-me a desenvolver
Os talentos que possuo
E a me comportar com respeito
Na casa dos outros.
Grande Mistério, ensina a criança que há em mim
A aceitar com graça.
A parte do Mistério Sagrado
Encontrado em todos os espaços."

Texto revisado por Cris
Publicado dia 20/2/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa