Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
Home > Autoconhecimento
Fazendo as pazes com o lado sombra

Fazendo as pazes com o lado sombra

por Viviane Draghetti

A sensação de estar desconectado de si mesmo e do Universo é desconcertante e, em algumas oportunidades, angustiante.

Nestes momentos aparece a dúvida acerca de nossa missão evolutiva, o medo de falhar, a sensação de estar privado de proteção espiritual, a ansiedade, com o intuito de compreender os motivos que nos levam mais uma vez a voltar a este estado mental, emocional e espiritual em desequilíbrio.

Quando estamos felizes, conectados, em sintonia equilibrada temos a impressão que sempre será assim. Tudo acontece, a coragem se aproxima, a força, a disposição estão presentes, estamos cientes do nosso propósito divino e o quanto somos abençoados e protegidos.

Porém, como nossa vida é composta de ciclos, que iniciam e findam a todo momento, de acordo com nossas experiências a aprendizados, diversas vezes voltamos ao nosso interior, a fim de compreender nossas emoções e sentimentos em desalinho e curar nossas feridas.

Após, como a Fênix, ressurgimos das cinzas, retornando com mais força e coragem para prosseguir nossa jornada evolutiva.

E não há nada de errado com isso, pois esses momentos de aparente sofrimento e dor, desconexão e dúvidas, nos mostram a capacidade de mudar, transformar e se reinventar a cada ciclo.

Contudo, é de extrema importância entender que somos compostos de um lado luz e outro sombra, razão pela qual encarnamos na Terra, planeta ideal para que os sentimentos em desalinho se manifestem, para que possam ser transmutados e transformados.

É preciso entender e aceitar o Eu Oculto, principalmente nos momentos em que ele prevalece sobre nossa consciência. Brigar com a parte sombria que habita nosso ser apenas piora e retarda o processo de libertação.

É oportuno ter ciência que somos nós mesmos que criamos os monstros internos e externos que travam nosso progresso. O medo, a falta de confiança, a incerteza, a dúvida, a desconexão são energias criadas pelo Eu Oculto e precisam vir à tona para que sejam libertadas.

O querer colocar-se na posição de vítimas e encontrar culpados para as situações em que estamos inseridos, a desaprovação de terceiros perante nossas atitudes, o temor da crítica alheia, também são monstros inventados por nós.

Quando não recordamos nossa origem divina e agimos orientados pelo Eu Oculto somos nossos maiores inimigos. Portanto, temos que compreender que na escola terrena vamos enfrentando nossos monstros, nossa parte sombra, para nos purificamos. Desta maneira, não a neguemos.

É necessário aceitar a manifestação dos sentimentos nefastos que confundem nossa mente e dificultam sentir com o coração. Mas claro, agir com resignação e não passividade.

Atuamos com passividade nos momentos em que brigamos com o Eu Inferior por algum período e após nos acostumados com ele. Fingimos não vê-lo, mas ele permanece instalado em nossa memória celular para reaparecer em determinados momentos de nossa caminhada. E, mais uma vez, nos fazemos de vítimas, não entendendo o motivo do sofrimento e da dor.

Porém, agimos com resignação quando aceitamos nosso lado sombra, sem brigar com ele, ou seja, o respeitamos. Compreendemos que o Eu Inferior é um aliado, pois manifesta-se para além de ser curado, mostrar nossas potencialidades e oportunidades.

Nesta senda, permita-se viver os momentos de reflexão sem culpa, pois certamente, ao final, torna-se mais forte e terá consciência de sua luz interior.

Texto Revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp



Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 01/01/2019

Veja também
Quando nos curamos trazemos paz ao mundo
Como lidar com o Abuso Emocional?
As transformações no mundo assustam você?
Sonhar com pessoa morrendo, qual o significado?

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.






Energia do Dia
19 - LIN - APROXIMAÇÃO
É tempo de alegria e esperança. Trabalhe, seja perseverante e deixe que os outros se aproximem, pois agir em conjunto será muito benéfico.
Consulte o I-ching


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa