auravide auravide

Fazendo o bem a si mesmo

por Bernardino Nilton Nascimento

Publicado dia 13/1/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Na verdade, não interessa qual é sua missão ou a sua visão da vida. O que cabe a cada um pode ter sido por escolha própria. Milionário ou mendigo, analfabeto ou catedrático, nada disso tem importância quando se coloca o caráter do ser e sua consciência no seu devido lugar. O mendigo desempenhando bem seu papel de mendigo, com certeza, será mais admirado que o Presidente da República que não soube desempenhar bem a sua função.

Vale muito à pena fazer bem e inteligentemente a sua missão e desempenhar com eficiência o que coube a si, ainda que no papel de um mendigo. Pior seria um presidente inteligente, porém, cego às necessidades do seu povo.

O homem deve ter a meta de desempenhar dignamente o seu papel, procurando seguir o plano de Deus, que é ser uma pessoa boa. Ele tem que trabalhar para o progresso do plano Divino.

Na verdade, Deus não precisaria de nós para fazer o que fazemos com o nosso mundo. Ele poderia fazer tudo sem esforço e sozinho. Deus não precisa de nossas atitudes do bem. Mas Ele quer que pratiquemos o bem para sermos bons. Em resumo, Deus pode fazer por nós todo o bem que precisamos, mas não pode ser bom no nosso lugar.

Ser uma boa pessoa e retornar à sua origem de bondade é uma tarefa pessoal e ninguém pode fazer por ninguém. Uma procuração vale para todos os fins, porém, não vale para alguém desempenhar a bondade no seu lugar.

Se tratar o próximo com educação, gentileza e humildade, não espere orgulhoso por aplausos, pois isso não passa de uma atitude natural, da sua origem de criação.

Tenha sempre no coração a compaixão e a gratidão, e pense que você está atuando em um grande filme. Saiba que você faz parte de toda a história, e que atuar no papel principal vai melhorar a sua vida e a do próximo. O bem que fazemos é o mal que deixamos de fazer.

Se alguém o elogiar, agradeça, mas não conte com isso para continuar sua trajetória de ser bom. Se, apesar de tudo o que fizer, só ouvir críticas, procure tolerar, mas não se entristeça por isso. Vá em frente, pois lá em cima o seu coração ouvirá os aplausos dos Superiores da Luz.

Temos que ter a certeza e a consciência de que estamos cumprindo o nosso dever de casa da melhor maneira possível. Precisamos colocar em nossas veias, circulando entre o coração e o cérebro, toda a visão da justiça e da verdade, para deitarmos no travesseiro com a consciência tranquila, e acordarmos com a visão celestial de tudo o que estiver à nossa frente, com o sentimento de alegria do dever cumprido. Devemos considerar os nossos sentimentos de derrota um aprendizado.

A vida, em sua total extensão de tempo e espaço, vale pela intensidade com que é vivida. Quem passar a viver como deve, viverá em total plenitude, e isso aumentará, em muito, as chances de adquirir uma vida mais alegre.

Explore a vida e deixe o amor explorá-lo. Eles são compatíveis com o Universo: a vida é feita de luta, e o amor, da conquista. Estamos aqui para lutar pela existência, eliminando impiedosamente o fracasso de nossas mentes.

O amor ampara os frágeis, abraça os imperfeitos, acolhe os rejeitados, agasalha os anônimos, beija as feridas e cura os doentes.

O Amor é vida, a sua vida, a nossa vida. É o pulsar do coração do mundo, a energia que acende a Luz Divina que eletrifica todos nós, ao mesmo tempo.

O Amor é a mais poderosa afirmação da sua existência.

BNN

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 141

foto-autor
Sobre o Autor: Bernardino Nilton Nascimento   
"Não seja um investigador de defeitos, seja um descobridor de virtudes"./ "Quando a ansiedade assume a frente, as soluções vão para o final da fila"./ "Quando os ventos do Universo resolve soprar a favor, até os erros dão certo". BNN
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa