auravide auravide

Hábitos que nos levam a sofrer



Fomos ensinados a pensar que a felicidade está no futuro e que devemos buscá-la em outro momento que não seja o presente. Enfoque-se em se render a este momento, é a única coisa que você tem que fazer. Observe de que maneira você pode estar apegado a que algo seja de uma determinada maneira, não conseguindo apreciar o que existe, e isso te faz sofrer.

A chave é se render

A vida é uma infinidade de experiências e, uma vez que você aprenda a se render a cada momento, será capaz de apreciar tudo. Lembre-se, as coisas que mais nos custam são sempre oportunidades de crescimento. A bem-aventurança vem naturalmente quando estamos ancorados no momento presente, quando estamos ancorados na consciência, mas o que fazemos? A primeira coisa que procuramos é a felicidade “em outro momento”. No entanto, apenas temos que ser. Ser, agora. Neste momento, em nossos corações.

O ego nos tira do momento presente

É o ego que quer sofrer, e isso nos tira do momento presente, porque o ego quer atenção, está sempre procurando atenção. Desde a infância, aprendemos a manipular para conseguir o que queremos, para receber essa atenção. Algumas crianças até ficam doentes com frequência somente para receber atenção.

Temos todos os tipos de hábitos diferentes que nos levam a sofrer

A primeira coisa a observar é o fato de não estamos nos rendendo ao momento presente. Temos que aprender a nos render a cada momento, sem buscar nada, apenas focados na consciência. As pessoas que são felizes não procuram a felicidade “outra hora”. As pessoas que amam a si mesmas não procuram amor fora. E esse é o segredo de estar em cada momento, em nossa consciência, porque não é ilusório, é interno e é permanente, e sem apegos.

Ver a própria vítima

Também temos que ver como gostamos de nos sentir vítimas: “Vocês estão me fazendo sofrer, vocês são a razão pela qual estou infeliz. Se você se comportasse como eu quero, eu poderia ser feliz.” Tudo aí depende do externo: “Alguma coisa ruim está acontecendo comigo”, “algo ruim está sendo feito comigo”, “você precisa fazer eu me sentir melhor”.

Mas o que isso significa? Que não estamos assumindo a responsabilidade pelo que estamos sendo. Por não estarmos conscientes, chegamos a esse ponto. Em algum momento podemos começar a ver nossa própria vítima e como continuamos a criar situações que nos deixam presos naquele lugar limitado.

Conscientizar-se para fazer novas escolhas

Talvez existam pontos cegos. No entanto, se nos aprofundarmos realmente em nós mesmos, podemos ter consciência do que estamos fazendo. Mesmo quando a energia é densa, podemos nos sentir confortáveis em um lugar de inconsciência por estamos aí há muito tempo! Mas é um vício e, ao nos conscientizarmos, podemos escolher outra coisa.

Ser mais verdadeiros

Podemos nos livrar daqueles desejos que nos tiram do momento presente, podemos ser verdadeiros, sem atuar o tempo todo, sem usar máscaras o tempo todo, sem manipular, sendo nossa verdadeira essência.

Mudar é difícil para o ser humano,
 é difícil ser verdadeiro,
 é difícil ser real,
 porque nos faz sentir vulneráveis às críticas.

Mas podemos fazer isso, claro que podemos! Que tal começar hoje, agora mesmo?
 

Publicado dia 2/3/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 29



foto-autor
Autor: Isha Judd   
Isha é mestra espiritual reconhecida internacionalmente como embaixadora da paz. Criou um Sistema para a expansão da consciência que permite a auto-cura do corpo, da mente e das emoções. Site oficial www.ishajudd.com
E-mail: brasil@isha.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa