auravide auravide

JÁ FUI ROMANA, CELTA E EGÍPCIA...

por Christina Nunes

Publicado dia 30/3/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Um dos indicativos clássicos de nossas romagens passadas são as nossas preferências por este ou por aquele detalhe do vasto universo humano; por um lugar nunca antes visitado, por um idioma ou determinado gênero musical. Em virtude dessa constatação, a vida inteira analisei minhas tendências com vistas a um auto-conhecimento mais abrangente. No processo acabei descobrindo jornadas particulares do passado milenar em terras italianas, egípcias, bem como nas longínquas regiões próximas do mar Báltico, nos tempos em que aqueles povos germânicos distribuídos por um sem número de tribos eram tidos, pela supostamente civilizada Roma, como bárbaros...

Em compensação não me diz nada o Oriente, países como a China ou o Japão, ou as facções nórdicas dos Estados Unidos até o Canadá. Uma análise acurada têm-me oferecido, destarte, e à parte da predominante inclinação por tudo o que diz respeito à Itália e à sua história milenar, a convicção de que a jornada empreendida pela minha alma compreendeu também outros dos velhos países europeus; isso revela-se nas quase apagadas névoas das lembranças espirituais através da ascendência céltica presente nalgumas das minhas inclinações de forma praticamente involuntária, por entre os muitos lances do cotidiano que são de molde a quase sufocar esse tipo de sensibilidade apurada que, em não sendo devidamente nutrida, praticamente se apaga de nossa percepção consciente por debaixo do açoite impiedoso das inquietações do dia-a-dia. Haja vista, portanto, e para exemplo, a inquietante e espontânea familiaridade com a linguagem rúnica e a atração fulminante por imagens, pela música, idioma e características de culturas como a escocesa.

Neste contexto multifacetado de nosso processo evolutivo é que vamos encontrar todo o sentido mais profundo da vida e da existência humana. É fácil concluir-se, a partir dessas descobertas, que se já estagiamos em tantas culturas, terras e povos diferentes, guardando nos recessos mais secretos de nossa sensibilidade anímica o amor profundo pelas peculiaridades que já nos foram tão íntimas e familiares, nenhum propósito existe na idéia de separativismo entre povos, línguas, raças e credos. Afinal, se já "fui" romana, celta, asiática, por qual boa razão na continuidade sem fim da trajetória me sobrarão motivos para incompreensão, intolerância e qualquer tipo de rejeição para com a vasta quanto infinda extensão de meras diferenças de contexto inerentes aos povos da Terra? Diante de tantos enredos diversificados a serem considerados nas suas todas implicações, como admitir a arrogância em se arvorar superior em sendo europeus para com asiáticos, americanos para com latinos, brasileiros para com qualquer outro país da América do Sul?

Já é mais do que tempo de se abolir tal gênero obsoleto de mentalidade, se o que almejamos de fato é a co-existência pacífica entre os povos, numa nova era de tolerância, de entendimento e fraternidade entre os milhões de seres dotados do mesmo hálito vital que, no final das contas, a todos irmana em meros habitantes eventuais do mesmo e imenso barco planetário!

Amor.

Lucilla & amp. Caio Fábio Quinto

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 21

foto-autor
Sobre o Autor: Christina Nunes   
Chris Mohammed (Christina Nunes) é escritora com doze romances espiritualistas publicados. Identificada de longa data com o Sufismo, abraçou o Islam, e hoje escreve em livre criação, sem o que define com humor como as tornozeleiras eletrônicas dos compromissos da carreira de uma escritora profissional. Também é musicista nas horas vagas.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa