auravide auravide

Massagem Ayurveda (ayurvédica) - parte III

por Erick Schulz

Publicado dia 11/6/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Óleo de Rícino (ricinus communis) – conhecido também como Castor oil ou óleo de mamona, o óleo de rícino é quente, doce e amargo; é indicado principalmente para vata em excesso, pois alivia a secura da pele e nutre os tecidos. Produz efeito alcalino no corpo, estimulando a digestão, reduz a rigidez muscular, analgésico, atua sobre os nervos, alivia artrite, diminue as inflamações, cólicas e dores. Quando utilizado internamente tem efeito laxativo.

Óleo purificado da Manteiga de Leite sem sal (Ghee - Ghi ou Ghrta) – Óleo conhecido no mundo todo pelo seu gosto e cheiro diferenciado e por dar um toque diferenciado na culinária indiana. É tônico, rejuvenescedor, afrodisíaco, digestivo, estimulante, fortalece o fígado, os rins e o cérebro. Nutre os sete dathus (tecidos), aumenta o jathragni (fogo responsável pela digestão e assimilação dos alimentos). Diminui vata e pitta, aumenta kapha.

“A massagem ayurveda é a mais completa forma de massagem que conheço”, define a médica Dra. Brenda Kalil especialista em medicina ayurveda. “É uma técnica maravilhosa que relaxa os músculos, a mente e equilibra a parte energética.”

Procedimentos Ayurvédicos

Na medicina ayurveda a massagem é somente um dos inúmeros procedimentos terapêuticos, que incluem massagens específicas para equilibrar cada dosha. Esse conhecimento permite que o médico ou terapeuta determine não só qual tratamento e massagem devem ser usados, como também quais as ervas e óleos e as manobras ideais para o paciente.

Chikitsa é uma forma prática e segura de entender os procedimentos terapêuticos do Ayurveda sobre as patologias. Existem duas formas de aplicar Chikitsa.

A primeira chama-se SHAMANA (Purva Karma) e consiste em técnicas terapêuticas para reduzir os sintomas da doença. Essas técnicas envolvem todas as aplicações necessárias para diluir, conduzir, lubrificar, aquecer, esfriar, secar, nutrir, enfim, tentar equilibrar o máximo possível os Doshas que se encontram em desequilíbrio no paciente.

Shamana é uma forma de fazer o paciente retornar à sua natureza; em outras palavras, fazer o paciente retornar ao seu ponto de saúde. É aconselhável, sempre que possível, aplicar Shamana até equilibrar o paciente evitando o Shodana. Aplicar Shodana em último caso, quando o paciente encontra-se em profundo desequilíbrio crônico. Podem ser feitos de forma avulsa para fins de relaxamento, estética ou manutenção após os tratamentos prescritos.

A segunda chama-se SHODANA (Pancha Karma), que é o Pancha karma propriamente dito, que significa terapia das cinco ações. São técnicas terapêuticas voltadas ao reequilíbrio de desarmonias no organismo. Para aplicar o Shodana é necessário que seja realizado ao mesmo tempo ou anteriormente à preparação, o Shamana. O shamana poderá ser utilizado como manutenção, após o pancha karma (falaremos com maiores detalhes sobre os Pancha Karma no próximo artigo).

Veja alguns Shamanas (Purva karma):

. Abhyanga – (snehana Externo) - conhecido também como Sneha Abhyanga (uma das terapias com uso de óleos). É uma massagem corporal e facial realizada com óleos ou ervas específicas para cada dosha que auxilia na revitalização dos tecidos do corpo (dhatus) facilitando que as toxinas sejam removidas. É considerado um dos procedimentos mais importantes do Ayurveda. No abhyanga é essencial o uso de óleos vegetais medicamentosos, sempre utilizando o óleo morno por todo o corpo, que pode também ser aplicado na forma de auto-massagem.
O abhyanga tem efeito muito mais profundo que as massagens em geral, pois consegue equilibrar corpo-mente-energia. Praticado até os dias de hoje na Índia, abhyanga, em sânscrito significa untar, friccionar com óleo. Esta massagem pode ser aplicada por um terapeuta ou dois, sincronizadamente.
O abhyanga reequilibra os doshas, fortalece o sistema imunológico, ajudando o indivíduo a criar resistência e flexibilidade internas para se defender e se adaptar às mudanças e intempéries. Promove o aumento da circulação periférica nos vasos capilares, o que reduz a pressão arterial e aumenta a oxigenação nos tecidos. Sendo um dos tratamentos de rejuvenescimento do ayurveda, o abhyanga aumenta a força do tecido, melhora a circulação do sangue, rejuvenesce os tecidos, remove celulite, embeleza a pele, atrasa a velhice, induz ao sono sadio, promove vitalidade, pacifica desarmonias de vata, reduz toxinas e remove o stress.
O abhyanga pode se aplicado em regiões específicas do corpo, e assim recebe os nomes:
- Mukhabhyanga = massagem facial
- Padabhyanga = massagem nos pés
- Pristhabhyanga = massagem nas costas
- Shiroabhyanga = massagem na cabeça

. Udwartana e Garshana – Este é um procedimento aplicado em todo o corpo (menos rosto), propício para a perda de peso. Diferente do Garshana não se utiliza de sal grosso nem cânfora, o que a torna menos agressiva. Uma pasta ou um pó de ervas é aplicado sobre todo o corpo e massageado profundamente com movimentos específicos por dois ou um terapeuta.
É um maravilhoso tonificante da pele e dos músculos e torna-se um aliado na redução de medidas após parto ou grande perda de peso. E, ainda, é eficaz na remoção de toxinas de kapha, revitalizando o sentido de toque e reduzindo celulites, ou seja, um poderoso oxigenador do corpo.
Com uma luva de seda, esta é uma massagem aplicada no corpo (menos rosto e cabeça), utilizando-se óleo vegetal morno acoplado a ervas em pó, as quais podem conter cânfora, sal grosso ou black salt. O Garshana é um tratamento herbário especializado para redução de peso. Melhora a qualidade da pele, tonifica os músculos, diminuindo a flacidez e o peso, reduzindo celulite e removendo toxinas de Kapha, proporcionando uma maravilhosa esfoliação no corpo.

. Chavutti Thirummal – Essa massagem é típica do Kerala, sul da Índia, e está associada a três tradições: o Kalaripayattu (arte marcial indiana), o Kathakali (dança clássica) e o Ayurveda (sistema de medicina indiana). No Kalaripayuattu, assim como no Kathakali exige-se dos praticantes excelente forma física, flexibilidade, resistência e soltura.
De todas as formas de massagem, chavutti é a que proporciona pressão mais profunda com uniformidade, pois neste estilo de massagem o especialista desliza com os pés sobre o corpo do paciente untado com óleos medicinais. Para o terapeuta poder se equilibrar, se apóia em uma corda ou um banquinho. Chavutti é indicada para dores musculares, desnutrição, rigidez, edema, estresse, insônia.

Continua...

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 16

foto-autor
Sobre o Autor: Erick Schulz   
Erick Schulz - Vice Presidente da Associação Brasileira de Ayurveda, Diretor do Instituto de Cultura Hindu Naradeva Shala e Emissário Instrutor da Milenar Escola Iniciática Hindu Suddha Dharma Mandalam.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Qual é a sua ambição?
artigo Porque estamos novamente falando da Era de Aquário?
artigo O Universo num Corpo Humano
artigo A noite escura, de são joão da cruz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa