auravide auravide

O Homem e o Sonho



Havia um homem e um sonho. E havia o sonho de um homem. O homem era como um pássaro. E o sonho como asas do pássaro. E aonde ia o homem ia o sonho. E aonde ia o sonho ali estava o homem. E juntos, homem e sonho voavam no infinito. E o eco de sua alegria enchia os céus.

Mas um dia o sonho roubou suas asas e voou mais alto, e o homem caiu do céu. E enquanto caía, os ventos lhe roubava a vida. E os sonhos voltaram para o homem caído e sem vida. Então o sonho chorou com os olhos de todos que viram o homem sem vida. E cobriram de flores e acenderam chamas para que o sonho vigiasse o homem sem vida. E ele ficou a vigiar o homem sem vida, do entardecer ao amanhecer, com os olhos de todos quando viram o homem sem vida. Mas quando chegou ao meio dia, levaram para a igreja o homem sem vida e o sonho meio adormecido seguiu no meu coração até que o soar dos sinos encheu os céus.

E lá no sepulcro, quando o homem com vida cobria o homem sem vida, ainda vi seus sonhos sair da multidão e abraçar o homem sem vida, e o homem com vida fechou para sempre, um homem e um sonho, um sonho de um homem.


Publicado dia 3/4/2009

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa