auravide auravide

Nem tanto nem tão pouco.....



Nem sempre sim, nem sempre não.
Nem santo(a), nem pervertido(a).
Nem sempre ganhando, nem sempre perdendo.
Nem só preto, nem só branco.
Nem sempre sim, nem sempre não.

A vida não pode ser considerada apenas por dualidades.
Existem nuances entre uma verdade, uma opinião e outra, oposta.
Não precisamos ser tão rígidos, viver na dualidade, nos torna inflexíveis, impossibilitados de aproveitar o Caminho do Meio.
Nesse caminho, não defendemos verdades absolutas, não julgamos.
Somos flexíveis, compassivos, com os outros e conosco , afinal somos todos humanos, tentando da melhor forma, sermos felizes nessa jornada !

Praticamos o autoconhecimento, sempre!
No Caminho do Meio podemos olhar para ambos os lados da estrada, para os desvios , e escolher qual paisagem queremos vivenciar.
Aprendemos muito com os outros, em vários pontos de intersecção de jornadas distintas com a nossa.
Nos colocamos à disposição dos que precisam de incentivo, na sua caminhada, no que estiver ao nosso alcance, com muita alegria, é sempre um prazer ver a vida por outros olhos, todos saem ganhando um nova forma de  olhar.

Agradecemos, todos os dias, várias vezes ao dia, o que já conquistamos.
Todos nós já temos uma parte da jornada percorrida, com certeza com erros e acertos, mas se estamos aqui, é porque ainda não acabou.
A Gratidão é um combustível fantástico para atrairmos bons fluídos, que estimulam boas atitudes, que implicam em bons resultados que terminam  com a gente feliz e mais agradecida(o) , e assim, seguimos essa corrente , esse círculo do Bem!
Sempre que posso indico o caminho do meio.

Na minha opinião, viver é  sensacional mesmo nos dias em que a vida acinzenta e não quero nem sair da cama.
Reconheço que estou num dia ruim, isso acontece com todo mundo e negar nossa Sombra nos distancia do nosso caminho.
Devemos amar nossa Luz e nossa Sombra, ambas fazem parte de nós e devem ser acolhidas com Amor e Gentileza, colocadas , todas, em maiúscula, para frisar sua importância, como um nome próprio.

No Caminho do Meio não tem sempre a mesma coisa nem a ausência dela.
Existem todas as possibilidades e através do autoconhecimento, vamos limpando nossos olhos, tirando nossos véus, clareando nossa mente, abrindo espaço para o novo entrar.
Escolhemos o que queremos manter e o que deve ser reciclado, revendo nossos conceitos.
Nem sempre é fácil, nem sempre é difícil, mas sempre é bom!
Essa é a minha forma de vivenciar a jornada,  que pode estar totalmente certa, como não.

E você como vive sua?
Conte para mim!
Desejo a mim e a você tudo de melhor!
Gratidão por estar aqui!

Até a próxima!

Namastê!
Texto Revisado

 

Publicado dia 14/3/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1



foto-autor
Autor: Kátia Regina Silva   
Sou publicitária, de formação, proprietária da Azimute Eventos e Cursos. Estudo autoconhecimento, terapias alternativas há 35 anos. Acredito que cada um de nós tem o dever e o direito de ser quem é: único e feliz! Criei a Oásis Interior, página do Facebook e futuro canal no Youtube.
E-mail: kregina6201@hotmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa