auravide auravide

O amor que confia!

por Flávio Bastos

Publicado dia 19/8/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A relação entre dois seres que se encontram pela primeira vez será sempre um território desconhecido a ser desbravado por ambos. Uma caminhada cheia de surpresas e de expectativas, pois cada indivíduo é um universo à parte.

Eles podem ter afinidades, mas não são iguais, e será a diferença de um que completará as necessidades do outro. O amor, para se estabelecer de uma forma plena, exige o cumprimento de etapas e de conquistas. No entanto, sem regras rígidas ou padrões pré-determinados. Cada experiência é uma experiência acompanhada de seu nível de intensidade...

Levamos conosco as experiências dos amores pregressos. Somos, na verdade, uma síntese das relações amorosas que tivemos no passado e que, de uma maneira ou de outra, repercute no nosso comportamento atual. Se cultivamos uma característica passional, possessiva ou liberal, entre outras, é porque aprendemos com as experiências a sermos assim. E as relações que tivemos na infância com as figuras referenciais de ambos os sexos tornam-se fundamentais na forma como nos relacionamos com o sexo oposto no âmbito do amor.

No mútuo aprendizado da relação amorosa o traço comportamental negativo que trazemos de outras vidas pode ser neutralizado se a energia que envolve os amantes for harmoniosa, ou seja, baseada no respeito à liberdade do outro, na confiança e no crescimento.

Energias compatíveis geram relações harmoniosas. No amor, o "mistério" existe até que ele seja desvendado a dois. Caso contrário, as diferenças prevalecerão sobre as possibilidades das mútuas descobertas, anulando o que existe de mais precioso na relação íntima do casal.

O amor que confia é aquele que apesar de ter um ingrediente passional não se apega e não possui. Permite ao outro a liberdade de expressar-se com o mundo externo e interno. Não julga e não condena.

Somos eternos aprendizes na arte de amar e quanto mais aprendemos, mais percebemos que essa energia é o dínamo que move as intenções mais elevadas do indivíduo inserido em um universo de infinitas possibilidades de crescimento.

E na conjunção carnal, expressão máxima entre dois seres que se elevam pelo sexo, encontra-se o enigma que envolve o Criador e a criatura. Poderosa energia que ainda desconhecemos em sua plenitude, mas que percebemos existir através da ampla visão da nossa sexualidade.

Elevemos o amor ao patamar que ele merece. Não consideremos a atração sexual como algo mundano, sem valor, pois se ela existe é porque tem um lugar garantido no âmbito das relações pessoais. Nada é por acaso...

Não subestimemos ou superestimemos o sexo; ele tem uma função de suma importância no lugar que lhe compete, pois somos seres energéticos dotados de sensibilidade, sentimentos, emoções, vontade e prazer... O amor que confia não subestima nem superestima o sexo, mas percebe-o como sendo um elemento indispensável no processo de aprendizagem que poderá levá-lo a compreender o sentido de completude entre dois seres que se amam.

A valorização da vida passa pela confiança no amor e na sexualidade como sendo o dínamo das grandes realizações humanas. Sem a energia que permite e confia, o homem estará condenado à perpetuação do conflito como resultante do desconhecimento de si mesmo e do outro.

A mudança de vibração que a realidade planetária exige começa por mim, começa por você. Começa pela sintonia entre seres que aprendem a confiar no amor abrangente que cura feridas, promove o crescimento e transforma consciências.

Psicanalista Clínico e Interdimensional.
flaviobastos

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9

foto-autor
Sobre o Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa