auravide auravide

O Beijo Espiritual Curativo



Ao longo de minha vida conheci vários médiuns curadores.
Uns extraordinários nos fenômenos e outros nas atitudes.

Valdevino, em São Joaquim da Barra, era sapateiro. Homem simples. Impunha as mãos e o paciente sentia os efeitos da ação curativa na coluna. Ele nem tocava na pessoa.

Dora recebia o Espírito denominado Marinheiro. Meu pai foi atendido. Tinha antigo problema no coração.

Ela colava os lábios no local. Pronto. Ficava a "marca do beijo espiritual curativo".
Orientação do Espírito: quando a marca sumir, o problema desaparece.
Dito e feito. Em três dias a marca sumiu. Meu pai ficou curado.

Foi recomendado repouso. Um mês depois, ele fez esforço fora da medida. Sentiu. Voltou lá. O Espírito deu bronca nele e avisou: agora você ficará só parcialmente curado.

Segundo o Espiritismo, a mediunidade curadora é exercida pela ação direta do médium sobre o doente com o auxílio de uma espécie de magnetização de fato ou pelo pensamento. Ela se desenvolve pelo exercício, sobretudo, pela prática do bem e da caridade.

Está intimamente ligada ao Espiritismo, porque repousa  essencialmente no concurso dos Espíritos.

Pode dar aos corpos o vigor da saúde e às almas a pureza de que são susceptíveis e é somente nesse caso que poderá ser chamada curativa.

A meta do médium curador será curar principalmente os males morais.

De todos os fatos que testemunham o poder de Jesus os mais numerosos são, sem dúvida, as curas. Ele queria provar que o verdadeiro poder é o que realiza o Bem, que o seu objetivo era ser útil e não satisfazer a curiosidade dos indiferentes, mediante coisas extraordinárias.

Dando alívio aos sofrimentos, ele prendia as pessoas pelo coração. Desse modo, fazia-se amar. E fazia com que elas aprendessem o Amor.

O verdadeiro médium curador é aquele em que a personalidade se apaga completamente ante a ação espiritual.

É extremamente raro, porque essa faculdade, elevada ao mais alto grau, requer um conjunto de qualidades morais raramente encontradas na Terra.

Essa faculdade é privilégio exclusivo da modéstia, do devotamento e do desinteresse.

Compreendendo a sua missão, ele é movido  pelo desejo do bem e não vê no dom que possui senão um meio de se tornar útil ao semelhante e não um degrau para elevar-se espiritualmente ou para evidenciar-se pessoalmente.

Confia em Deus e não se julga infalível. Nada promete.
Por sua palavra, encoraja, faz nascer a esperança e a confiança em Deus.

A faculdade de curar pela imposição das mãos deriva de uma força excepcional de expansão de fluidos.

Interessante essa exposição, contida no livro dos Médiuns de Allan Kardec.

Curioso é que, um dia, um expositor espírita disse numa palestra que Kardec nada falou sobre o passe!

Texto Revisado

Publicado dia 13/2/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 24



foto-autor
Autor: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email wilson153@gmail.com
E-mail: wilson153@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa