auravide auravide

O caos anunciado

por Flávio Bastos

Publicado dia 21/6/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


"Nós bebemos demais, fumamos demais, gastamos sem critérios, dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e rezamos raramente. Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores."
O Paradoxo do Nosso Tempo, George Carlin

Sob o ponto de vista "racional", que é um termo que a ciência aprecia, seriam válidas as teorias de previsibilidade catastrófica anunciadas para o início do Terceiro Milênio?

Pelo viés da racionalidade e até da obviedade, independentemente das fontes de tais previsões, tudo leva a crer que a aproximação do caos como resposta da natureza às atitudes depredatórias do homem, cedo ou tarde se tornará realidade entre nós.

Imaginemos uma cena comum na área rural: à beira de um córrego um agricultor lava um vasilhame que contém resíduos de defensivo agrícola de poder letal. Resultado: em poucos minutos, uma quantidade considerável de peixes aparece morta.

Imaginemos outra cena comum nos centros urbanos: a chaminé de uma fábrica expele 24 horas por dia na atmosfera, uma fumaça que contém alto índice de poluição.

Imaginemos uma terceira cena comum nas grandes florestas: por uma questão "logística", milhares de árvores são derrubadas para que essa "desocupação" ceda espaço para a criação de gado de um próspero fazendeiro.

Agora, multipliquemos cada exemplo citado por uma média razoável que imaginamos ocorrer numa esfera maior. O cálculo aproximado a que chegamos representa uma ínfima parcela do que ocorre no nível global. E olha que ainda não somamos o resultado dos três exemplos!

A lei física da "ação e reação" direcionada para esse contexto, informa-nos que para cada atitude depredatória do homem, a natureza reage na proporção exata da sua origem. Como tais ações por parte do homem se intensificam, intensificam-se também as respostas da natureza.

No momento atual, independentemente das previsões maias, das profecias de Nostradamus ou de previsões do gênero sensacionalista, o raciocínio racional e projetado aritmeticamente para o futuro da humanidade, prevê que o caos pode tornar-se uma realidade, principalmente se o homem não conseguir frear a tempo a sua sanha ambiciosa de "faturamento" às custas da mãe natureza.

Portanto, para que ocorra a reversão do caos anunciado e projetado pela lógica do raciocínio baseado em evidências, torna-se urgentíssima a tomada de consciência do ser humano em relação a si mesmo inserido num contexto cósmico em que a natureza e o "outro", o semelhante, são fios de uma grande teia universal dirigida por leis naturais que transcendem o pensamento racional.

O respeito pela natureza passa pelo auto-respeito e pelo cultivo de valores espirituais. Sem eles não entenderemos o verdadeiro significado de uma árvore, de um córrego e do ar que respiramos. Enfim, não entenderemos o significado da vida!

Psicanalista Clínico e Interdimensional.
flaviobastos

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17

foto-autor
Sobre o Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa