Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
Home > Autoconhecimento
O ego e o Eu

O ego e o Eu

por Paulo Tavarez

O nosso Eu verdadeiro, superior, é como um flor, surge com toda a sua beleza e graça, tem um perfume natural e encanta ao ser percebido pelos sentidos, ao passo que o nosso ego é como uma flor de plástico: não tem cheiro e a sua beleza é artificial. Para manter-se constantemente perfumado e agradável aos olhos, o ego precisa de cuidados constantes, artificiais, ou seja, a vida do ego é uma vida que precisa de uma manutenção constante, ao passo que a vida do Eu dispensa cuidados, tudo já está pronto, é a própria plenitude.

Muitos passam a vida ornamentando e cuidando dessa flor de plástico e não percebem o tamanho dessa insensatez. Infelizmente, isso se aplica à grande maioria cega e ignorante da humanidade que não percebe a beleza que já existe no âmago do próprio ser, lembram a imagem do peixe procurando pelo o oceano, ou pior, a imagem do peixe procurando o próprio peixe.

O ego é apenas um conjunto de desejos, nada mais do que isso. Tornou-se um construto mental escravizante que nos convence de que a felicidade está no futuro, onde todos esses desejos serão atendidos e, convenhamos, não há mentira maior. Não há vida no futuro, não há felicidade no futuro, aliás, não há nada no futuro, pois o futuro simplesmente não existe, só existe o Aqui e o Agora e qualquer discurso platônico que queira nos tirar da realidade estará prestando um desserviço. A vida não deve ser tratada como um ideal, a vida é algo real, algo que está sempre acontecendo e você é tudo aquilo que procura, apenas não conseguiu ainda acordar desse estado de torpor.

Procure o ego com todo afinco e você irá perceber que ele simplesmente não existe. O que existem são desejos e mais desejos, algo que você alimentou através de crenças estúpidas, algo que você tratou como necessidades indispensáveis e esse foi o grande equívoco.

Você acredita que a sua felicidade só poderá ser alcançada quando todos esses desejos forem atendidos, mas está absolutamente errado, pois você, em essência, já é a própria felicidade. O Eu verdadeiro é Satchitananda, ou seja, é a própria Vida Eterna, Consciente e Feliz. O que mais você precisa?

Está na hora de interromper as buscas, não há nada mais para ser buscado; você já é tudo aquilo que precisa ser, você já o Deus que reverencia, você já é a felicidade que ambiciona, você já tem a eternidade que tenta imprimir em sua existência, enfim, você já é tudo aquilo que pretende ser, por que perder tanta energia na busca por algo que já faz parte de sua Verdadeira Natureza?

Por que insistimos em realizar um falso eu? Por que lutamos para nos colocarmos no pódio de um mundo ilusório? Tudo aquilo que aparece e desaparece - como os nosso desejos - é irreal, portanto, estamos presos à ilusões. Não há o que melhorar, uma vez que somos perfeitos. Não há o que conquistar, uma vez que tudo aquilo que sonhamos faz parte da nossa essência. Está na hora de descobrirmos quem realmente somos e isso só será possível através de uma auto investigação. Enquanto estivermos imersos na ilusão da mente, presos aos desejos, nada disso será possível.

O ego é apena uma flor de plástico, nada mais, não pode atender aos anseios que ainda nos movem. Está na hora de voltarmos a Casa do Pai, está na hora de voltarmos a nós mesmos.

Texto Revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp



Autor: Paulo Tavarez   
Terapeuta Holístico, Palestrante, Psicapômetra, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define. Eu sou o que Eu sou! 
E-mail: paulo.tavarez@cellena.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 13/04/2019

Veja também
O vazio que a ausência provoca
Avô um ser divino, delicioso
Evoluo com amor
A liberdade de ser próspero

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



Continue lendo
O vazio que a ausência provoca
Avô um ser divino, delicioso
Evoluo com amor
A liberdade de ser próspero


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa