auravide auravide

O Novo Normal...


Facebook   E-mail   Whatsapp

A economia mundial desacelerando em velocidade nunca vista, apesar das outras crises econômicas que o mundo já viveu. Indústrias que antes geravam riquezas, hoje à beira de um precipício, jamais visto pela humanidade.
 

O caos da miséria constante e do sofrimento de famílias de refugiados no mundo, tendo que deixar seus países em busca, de melhora de vida, mas em busca da sobrevivência, só com a roupa do corpo em embarcações frágeis e o desespero de poder dar o que comer aos seus filhos.
Dos sete bilhões de pessoas que habitam a Terra, cerca de dois bilhões não tem o que comer e vivem com menos de dez dólares ao mês. E nós fechamos os olhos para essa triste realidade.
Catástrofes da natureza, devastando cidades provocando a morte coletiva, viroses antes dizimadas, voltando a bater à porta das fronteiras mundiais. Lotando hospitais e devastando toda uma população incauta em relação aos cuidados com a natureza.
Florestas em processo de devastação visando o lucro imediato, daqueles que, não se importando com as comunidades nativas da Terra e com o ecossistema, dizimam sem nenhum arrependimento.
Animais silvestres sendo caçados pelo puro prazer da competição e da ignorância humana, de achar que não afeta em nada um animal morto por um predador que não seja natural.
 
A soberba em primeiro lugar, afinal...
Segundo Descartes, "Penso logo existo".Tal pensamento cartesiano, deveria ser " Penso mas desconheço que existo".
Pensamento este que gera o individualismo entre os seres humanos, levando-os a um profundo ceticismo de se duvidar e sempre se contestar o que nos apresenta o universo, crendo que nada está interligado nesse mundo físico.
Pois bem...
É por duvidar, que chegamos no ponto em que chegamos.
Falta de compaixão, falta empatia com o nosso semelhante, pessoas sem escrúpulos, pessoas que não pregam o bem e, quando pregam, é para locupletarem-se amealhando riquezas através do ilícito.
 
Pois bem... Dito isso, vamos ao ponto:
Estamos na eminência de uma terceira revolução industrial; o "Capital", combatido pelo socialismo, não fará também mais sentido.
As teorias de Adam Smith também já não terão a mesma eficiência que teve até os dias de hoje.
O homem terá que voltar ao campo, terá que criar novamente não só a sua subsistência, mas sim a subsistência do mundo. Portanto, não fará mais sentido tirá-lo do campo e colocá-lo em um chão de fábrica em troca das migalhas que lhes são pagas. Mas não quero que sintam nenhum viés socialista no que digo, muito pelo contrário, abomino tal ideologia, que também só escravizou.
Em contrapartida, o tal agronegócio, que hoje movimenta o alimento do mundo, terá que substituir as máquinas da indústria, pois será e já é o alimento que estará fazendo falta no mundo.
As grandes indústrias não mais poderão competir entre si, terão que criar parcerias e diminuir seu lucro, repartindo melhor a fatia do bolo. Sei que também é difícil para todo capitalista fazê-lo.
Terão que incluir às parcerias, as médias e, em contrapartida, as médias com as pequenas empresas.
Não haverá mais espaços para os sindicalistas pelegos que visam cargos políticos e partidos também políticos.
 
A era da internet aí está e veio para conectar o mundo, não permitindo mais que políticos possam esconder suas falcatruas nas gavetas de seus gabinetes protegidos pelo "Foro" previlegiado que tanto permitiu que enriquecessem ilicitamente.
Hoje cerca de quatro bilhões estão conectados pela internet no mundo e, em um breve futuro, isso irá aumentar exponencialmente, é inútil criar-se regras para se evitar.
Ou seja... Até a população hoje invisível terá voz, seja por si só ou através de um líder comprometido realmente com a causa dos menos favorecidos.
A mídia terá que rever suas pautas e, de uma maneira ou outra, informar às pessoas a realidade do mundo e principalmente da vida, sem a manipulação que o status quo exige hoje.
Órgãos de segurança terão que rever seus protocolos em relação à sociedade como um todo, sem poder exercer a discriminação, seja social ou racial que hoje veladamente exercem.
Vejam o exemplo americano, onde houve unanimidade contra a morte de pessoas pretas, isso eclodiu em parte do mundo até na Coreia do Sul.
Fato inédito, se pensado em tempos passados onde cada um cuidava do seu "quintal".
A sociedade terá que mudar sua visão preconceituosa e admitir as diversidades. As escolas, no quesito educação, não conseguirão mais promover uma educação elitista aos seus alunos.
E os pais terão que ter uma percepção da desigualdade que provoca diferenças sociais acarretando em violência urbana, entendendo que todos nós somos um, negando toda teoria newtoniana que o sistema mostrava e impõe nos dias de hoje.
As comunidades também terão que ter uma visão social além da realidade hoje existente, com seus líderes em um nível alto de politização, mas sem a visão dos conflitos e poder que hoje existem através da violência.
A globalização funcionou bem até certo ponto, fora isso dividiu e criou barreiras entre as classes sociais, por isso será imprescindível mudar.

Com a nova era já está vindo a "HUMANIZAÇÃO",deixando de lado a globalização, independentemente, do que acham e querem os poderosos que ainda detêm o poder no mundo, mas creiam será por pouco tempo.
Todos eles um a um estão sendo vistos e irão cair se não tiverem uma visão global da HUMANIZAÇÃO. De que todos estamos interligados ou conectados humanamente, queiram os céticos ou não.
 
Dito isto:
Vamos ao ponto do efeito.
Essa pandemia que estamos vivendo veio para alertar os incautos, os soberbos, os autoritários que procuram dominar através da força e do poder econômico, que subjugam e subestimam, que desconhecem que todo poder humano é efêmero, portanto, não resiste aos seu próprio egoísmo.
A história conta e fala de exemplos autoritários que sucumbiram, não vem ao caso aqui enumerar cruéis figuras, mas essa pandemia veio, portanto, colocar à prova todo e qualquer governante que, através da força econômica, queira conduzir uma enorme população pobre com a força do poder.
Vejam o exemplo da China, ou da Europa e, por fim, o nosso exemplo, que em menor escala econômica, estamos sendo campeões em mortes por esse vírus.
Nossa visão terceiro-mundista, infelizmente, seja através dos governantes ou da população em geral, trouxe-nos essa cruel realidade. Achávamos - e pasmem! - que ainda achamos, através de incautos governantes que não seríamos expostos a esse mal.
Talvez quem sabe toda essa onda maligna não nos levará à extinção humana, mas será preciso que entendamos, que a teoria do caos, existe e de tempos em tempos, vem para que sejamos e estejamos atentos a tudo o que envolve a humanidade. Tivemos outras pandemias e se ainda não nos contentarmos com que nos apresenta essa lei...
Se não procurarmos abrir os olhos e entender que somos pequenos diante do universo, que a soberba, o egoísmo, a estupidez humana diante de todos os seres vivos que habitam a TERRA, iremos, de tempos em tempos, viver outra cruel realidade como a que estamos vivendo agora.
Não existe o mal na Terra e, sim, a ausência do bem, entendamos isso de uma vez por todas.
Essa é minha humilde reflexão sobre o que nos aflige como seres humanos, poderia aqui me estender muito mais, sobre causas e efeitos que envolvem-nos nessa realidade, mas seria por demais cansativo. 
 
Pensem nisso...
Nelson Sganzerla
 
Paz, felicidade, saúde e prosperidade.
 
Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 41


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Nelson Sganzerla   
Uma ALMA encarnada no Planeta Terra, que busca a ascensão para a LUZ
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa