auravide auravide

O QUE É A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA?

por SONIA RAQUEL MIRANDA

Publicado dia 29/3/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


É a fraternidade hierárquica celestial composta por seres etéreos de Luz unidos ao UM. Os Elohim, os Arcanjos, os Anjos, os Santos e Sábios Mestres Ascensos que são os filhos de Deus já ascensos na luz e unidos ao espírito do Deus vivente e que formam os exércitos do Senhor, e também os 144.000 seres de Vênus que se juntaram ao amado Sanat Kumara para libertar a Terra das trevas. Fazem também parte da Grande Fraternidade Branca chelas dos Mestres Ascensos que não atingiram a ascensão, indivíduos que lutam para ajudar a evolução das almas da Terra e a encontrarem o caminho da luz.

O objetivo dessa fraternidade é manter acesa a chama da sabedoria, do amor e do poder de Deus na Terra, a Chama Trina, passando ao discípulo os ensinamentos esotéricos dos Mestres Ascensos, um estudo sério sobre os mistérios do nosso planeta e do universo que nos cerca. É o estudo dos mistérios de Deus. É uma ciência para aqueles que "estão prontos" para recebê-la, os que amam a verdade, os místicos, aqueles que anseiam uma aproximação maior com o Criador. Esta é a hora desses ensinamentos serem compreendidos por muitos, a grande hora do conhecimento quando muitos estão preparados para recebê-lo.

Na Grécia antiga, por exemplo, eram famosas as escolas de mistérios, como a de Eleusis, onde estudantes levavam anos para aprender o que atualmente está aberto para todos.

Desde a expulsão do homem e da mulher do Jardim do Éden (a escola de mistérios do Senhor Maitreya, simbolizando a consciência pura de Deus; e-don, significando a sabedoria divina ou o domínio do Elohim), devido ao mal uso do Fogo Sagrado na aplicação incorreta do livre arbítrio, a Grande Fraternidade Branca tem mantido escolas de mistérios ou retiros espirituais que atuam como repositórios para o conhecimento do fogo sagrado que é outorgado às chamas gêmeas quando estas demonstram a disciplina necessária para se manterem no caminho da árvore da vida.

A Grande Fraternidade Branca patrocinou as escolas de mistérios na Lemúria e na Atlântida onde as verdades espirituais superiores eram ensinadas àqueles que quisessem seguir as disciplinas dos adeptos. A Sangha do Buda, a comunidade essênia em Qumran e a escola de Pitágoras Crotona encontravam-se dentre as escolas de mistério mais remotas. Outras escolas localizavam-se nos Himalaias, no extremo oriente e no Egito, bem como na Europa e na América do Sul. Uma a uma, essas escolas de mistérios foram destruídas ou dispersadas. Sempre que essas escolas eram destruídas os Mestres Ascensos que as patrocinavam retiravam suas chamas e santuários sagrados para seus retiros no plano etéreo, onde os discípulos continuam sendo treinados entre as encarnações e em seus corpos mais sutís (durante o sono ou no samadhi) para que possam alcançar o conhecimento do EU Divino.

A Grande Fraternidade Branca é universal, uma entidade cósmica que não pertence a nenhuma escola, mas fundou, através dos Mestres Ascensos, as escolas de mistério mais atuais e conhecidas que servem o propósito divino de expansão dos ensinamentos. São elas: a Escola de Teosofia do final do século XIX, a Agny Yoga, o Movimento EU SOU, a Ponte para a Liberdade e a Summit Lighthouse.

As escolas dos mestres foram fundadas por Seus mensageiros escolhidos, cada um deles em épocas diferentes. Esses mensageiros agora não mais estão à frente dessas escolas; assim, o que nos resta neste momento é estudar os ensinamentos que os mestres liberaram para a humanidade, através desses mensageiros e suas escolas.

O "exoterismo" ao contrário do "esoterismo ensinado pelas escolas" estuda os ensinamentos religiosos de fácil compreensão para o entendimento do povo, "os não iniciados". Suas escolas também foram criadas pelos mestres ascensos e são as oito maiores religiões do mundo; são elas: Judaísmo, Budismo, Cristianismo, Hinduismo, Confucionismo, Islamismo, Taoísmo e Zoroastrismo.

Cada uma dessas oito religiões representa e ensina um dos oito principais raios da consciência divina. Cada uma dessas qualidades da mente de Deus sendo transmitidas à população, reencarnação após reencarnação, onde as almas encarnam em famílias de diferentes religiões para serem preparadas e aprenderem as diferentes qualidades da mente divina.

Essas religiões não se dedicam a ensinar ao povo seu conhecimento mais profundo, mas uma pequena parte de seus ensinamentos, deixando os assuntos mais complexos para seus integrantes mais dedicados. Assim, muitas verdades que poderiam ser levadas ao povo são deixadas para os que se entregam de corpo e alma para a instituição.

SITE GRANDE FRATERNIDADE BRANCA

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 29

foto-autor
Autor: SONIA RAQUEL MIRANDA   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa