auravide auravide

O que faz com o mal que se carrega internamente?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Sabemos que naturalmente temos o bem e o mal internamente, sendo que um dia pode sentir amor e no outro dia odiar. Isso acontece, mas não se tem formas de usar a comunicação para expor os sentimentos de forma verdadeira.
Então, se cria uma comunicação controlada para se relacionar, sendo que se passa a atender o bem nas relações e acaba criando o mal interno (pensamentos: revolta, frustação, inveja, raiva, vingança...).
Isso explica o porquê cada vez mais as pessoas se interessam por: filmes com violência, jornais violentos, notícias trágicas, entre outros.


Quantas das relações estão baseadas em uma comunicação artificial? 
Pense, quantas vezes consegue ser você? 
Quantas pessoas podem ouvir sua opinião sem o menor conflito? 
Você consegue ouvir bem uma crítica?

Algumas pessoas têm um sentimento de inferioridade por estarem sempre deixando de ser quem realmente gostariam de ser. Isso retira o seu valor e tornam as pessoas controladoras nas relações.
Só quando exercitar a sua verdade é que poderá conseguir compreender e saber ouvir a verdade da outra pessoa sem se magoar.


Algumas pessoas acreditam que o melhor é evitar o conflito, e o que conseguem é criar o conflito interno. 

A pessoa tem que entender que todo sentimento parte de seu pensamento, mas normalmente o que se faz é transferir para a(s) outra(s) pessoa(s).
Isso alimenta a falta de confiança, passa-se a desconfiar e ter medo das pessoas, começa a controlar, interpretar e imaginar que a outra pessoa possa fazer ou  pensar, quando é ela mesma que está pensando.
É essa armadilha em que se cai quando se quer ser inocente e por dentro sabe que existe também o culpado.
Culpa e inocência fazem parte do aprendizado, assim como deu certo ou deu errado, basta compreender o porquê do erro para saber como fazer da próxima vez certo. 


A realidade natural é que temos que aprender a lidar com os sentimentos e emoções. 

Entender o porquê do pensamento do mal com o sentimento (observar até neutralizar), e por que do pensamento do bem com sentimento (observar). Ao entender a intenção e motivo de cada pensamento, estaria mais apto a entender a si e ser fraterno com outro ser humano.

A polaridade está na natureza (frio e quente, noite e dia) tudo faz parte do equilíbrio. Somos seres naturais e temos pensamentos, sentimentos e emoções que estão ligados a essa polaridade que cria o movimento do aprendizado na vida. 

Penso que se tem de compreender as razões e intenções do "mal" em nós para neutralizar seu efeito, assim como compreender as razões e intenções do "bem" para neutralizar seu efeito.

E como se tem medo do que é mau, pouco ou nada se faz para o bem. Esse pouco não tem sido suficiente.

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Margareth Maria Demarchi   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa