auravide auravide

O QUE ME PREOCUPA

por Terapia de Cura

Publicado dia 22/2/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Olá, amigos. Recebi este texto de um grande amigo. Ele relatou uma realidade vivida por todos nós. Resolvi partilhar com vocês!

O QUE ME PREOCUPA

O que me preocupa não são as Profecias Maias, o Armagedom, o Apocalipse, o anti-cristo, enfim, nada disso. Vamos ignorar tudo isso como “fantasia histérica” do povo...

Mas me preocupa, sim, a projeção dos dias de hoje para um futuro bem próximo. Só isso, nada mais!

Até pouco tempo atrás éramos “80 milhões em ação, pra frente Brasil, salve a seleção...”. Agora, poucos anos depois, somos o dobro ou o triplo, nem sei mais... Mas tudo, no mundo todo, está crescendo desordenadamente e da pior maneira possível. Aquecimento global, desmatamentos, poluição, miséria, tudo isto é um fato real. Acontece mesmo.

Até minha adolescência, quando vivia em Jacarepaguá, lá era um bairro tranqüilo, sem favelas, umas poucas pessoas pobres, humildes, trabalhadores. Veja em que se transformou aquele bairro hoje: completamente desfigurado, perigoso, trágico. Muito embora, devemos acrescentar que enquanto eu vivia nesse paraíso a Europa mergulhava numa guerra como nunca vista...

No final dos anos 50 chegava eu de uma viagem de trem de São Paulo, no trem de aço, e numas poucas poltronas à minha frente, uma senhora viajava com umas quatro ou cinco crianças, talvez filhos e sobrinhos. Ao chegar o trem próximo à estação D.Pedro II, esta senhora chamava, eufórica, a atenção dos meninos para que vissem uma favela logo ali à sua esquerda, algo desconhecido dos paulistanos... Bem, quem hoje vai a São Paulo pode notar que lá é uma só favela... Tudo mudou e vai mudar mais ainda. Milagres não acontecem a todo momento.

A miséria é total e não só aqui. Vemos o mesmo em Buenos Aires, Londres, Paris...

Uma antiga empregada nossa, quando ainda eu morava no Rio, nos dizia que “antigamente nós éramos pobres, mas tínhamos o que comer em casa...” E agora? Nem isso!

O problema da água pode parecer exagero, mas quem viu, como eu vi, há poucos anos as Cataratas do Iguaçu praticamente secas, sem água, ou o Rio Tibagy, entre Curitiba e Ponta Grossa, com o leito completamente seco, pode entender que o assunto é muito mais sério. Não necessitamos das Profecias Maias para termos certeza de que o pior está vindo. Isso no que se refere à natureza, pois na parte social a degradação é pior. Hoje ainda posso sair à rua e voltar pra casa, tendo a sorte de não ganhar uma bala perdida, pois nem penso nisso. Mas, até quando? O crime, não só de bandidos de morros e favelas, mas da politicagem de um modo geral, dos “colarinhos brancos” e de grande parte da população, cresce a olhos vistos.

O que será do amanhã? Os dirigentes políticos nunca foram grande coisa. Tivemos um Hitler, um Mussolini, um Franco... Hoje temos um Chaves, um Evo Morales, o tal louco do Irã. Mesmo estes não chegando, por enquanto, aos pés daqueles, representam algo preocupante para um futuro próximo.

O nosso planeta, pobre planeta, é um grande barril de pólvora! Não precisa ser profeta para sentir que em breve vai explodir e ninguém se dá conta!

Creio, então, que essa simples progressão dos nossos dias, me preocupa muito mais do que um possível Armagedon ou Apocalipse, se é que isso já não seja então o próprio Armagedom e o Apocalipse, em pleno apogeu!

Para o pessoal mais jovem que não conheceu dias melhores, tudo pode parecer normal, como parte da vida. Mas pra mim, nos meus 75 aninhos bem vividos, é apavorante!

Não que no meu tempo de jovem não houvesse, por exemplo, assaltos. Havia! O ladrão entrava à noite em sua casa, roubava umas roupas que secavam no varal, levava uma ou duas galinhas do galinheiro e se contentava com isso. Hoje, trancam toda a família no banheiro e “limpam” a casa, quando não fazem o famoso “seqüestro relâmpago”. Isso aqui no nosso caso particular do Brasil. Aí por fora há coisas bem piores...

Não quero dizer com isso que ao sair de casa já pense num seqüestro desse tipo. Nunca aconteceu, com a Graça de Deus! Pode ser sorte, pode ser a Divina Providência nos amparando! Acredito na segunda hipótese.

Só nos resta pedir a Deus por dias melhores e ter fé que tal aconteça! God save our souls!
Leonardo Hanriot Bloomfield

Dra.Nesa Gomide
Psicoterapeuta- Especializada em Terapia de Vidas Passadas

Visite o site link

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstar Avaliação: 4 | Votos: 17

Autor: Terapia de Cura   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa