auravide auravide

O que você espera das pessoas?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Quantas vezes nos pegamos julgando o outro e até pensando: “Poxa, mas no lugar do fulano eu não faria isso, eu faria aquilo”. Só que nos esquecemos de que o outro é diferente de nós, por mais óbvio que isso pareça, e que ele não tem que agir de acordo com a nossa ideia e concepção de mundo e, tampouco, conforme nossas crenças.

Esse modo de lidar com o jeito alheio acaba nos causando muitas frustrações e, por consequência, muita raiva também. Só que a frustração vem porque muitas vezes nos recusamos a aceitar que as pessoas não estão neste mundo para atender às nossas necessidades e desejos. Assim como nós, o outro também está aqui em busca de ser feliz e de fazer o que tem vontade e acha certo.

Às vezes, pode até ser que a vontade dele coincida com a nossa (se eu acreditasse em coincidências) e que a gente tenha a sorte de ele fazer aquilo que gostaríamos. Ou então, que ele nos dê exatamente o que queremos receber. Mas é isso, sorte. Ou controle. Neste último caso, fica a reflexão sobre o quão sadio é ter alguém ao lado, satisfazendo todas as nossas vontades, apenas para acalmar o nosso ego e a nossa insegurança, passando por cima de quem realmente é. No caso, a reflexão vale para ambos os lados.

Também tem muita gente que faz “tudo pelo outro”, mas sempre esperando algo em troca. É nessas horas que você vê tanta gente dando amor, carinho, presentes, atenção, amizade, tempo e até sacrifícios, sempre esperando receber na mesma medida, se não mais.

A isso damos o nome de altruísmo. Mas... Ledo engano! Isso nada mais é que egoísmo disfarçado, meu bem. Aqueles que se empenham em fazer algo sempre esperando uma retribuição à altura não são cordeirinhos. E nisso, inclua eu e você.

“Ah, mas nós somos humanos e, no fundo, a gente sempre espera alguma coisa em troca”. Ok. Mas é importante ter consciência disso e saber a diferença. Pois quando vestimos a máscara do altruísmo para esconder ou justificar a nossa vontade de barganhar, aí começa um problema. Quer barganhar? Tudo bem! De fato, quase todo mundo age assim em um momento ou outro. Agora, lembre-se que isso não é amor. Fazer o bem sem esperar algo em troca, isso sim é um grande ato de amor e generosidade.

E a parte boa disso é que quando você está praticando o bem para os outros, você se conecta com a vibração positiva do Universo e, estando envolto por essa energia, automaticamente coisas boas acontecem para você.

Pode até ser que aquela pessoa específica para quem você direcionou uma boa ação não lhe dê nada em troca, mas só o fato de fazer o bem vai lhe ajudar a expandir o amor que existe dentro de você e que muitas vezes está escondido, encolhido, impossibilitado de fluir.

Melhor agir assim do que cultivar negatividade, frustrações, raiva, ódio e rancor. Tudo isso surge de expectativas não atendidas. E, compreenda, as pessoas não nos decepcionam. Nós é que nos decepcionamos com elas, pois esperamos algo que ela não pode ou não quer nos dar. E mais, nós também “decepcionamos” os outros. O mundo está cheio de gente esperando algo que nós não estamos dispostos, não podemos ou não queremos fazer.

Então, vamos esperar menos e fazer mais. Fazer o bem envolve também e, principalmente, ter mais paciência, empatia, cuidado, aceitar o outro como ele é, compreender as suas dificuldades e limitações. Esse é a maior prova de amor que podemos dar a alguém.
Se você tem interesse em aprender mais sobre as suas emoções, após muito estudo e muita pesquisei eu selecionei as 100 melhores dicas sobre Inteligência Emocional e Neurociências e as compilei no meu e-Book '100 Neurodicas para Inteligência Emocional' que você pode comprar com poucos cliques, acessando www.neurodicas.com .

Suellen Barone
Coach de Inteligência Emocional e Relacionamentos, especialista em Neurociências e jornalista
Facebook: Suellen Barone – Neurodicas
Periscope: Suellen Barone - Neurodicas
YouTube: Suellen Barone
Instagram: @Neurodicas



Texto revisado


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Suellen Barone   
Coach de inteligência emocional em relacionamentos, especialista em neurociências e jornalista.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa