Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

O solvente mais poderoso do Universo

por Paulo Tavarez

Publicado dia 8/1/2020 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


O perdão é o solvente mais poderoso que existe, isso é incontestável. É incrível como ele consegue transformar o ser humano, como ele muda o estado de espírito de uma pessoa. Não menos impressionante é a sua eficácia em curar doenças, aliás, não há remédio mais poderoso do que o perdão, pois todas as mazelas do campo fisiológico possuem raízes emocionais. É justamente nos recônditos do inconsciente que cultivamos as feridas que irão brotar no corpo físico. Carcinomas, cistos, pólipos, miomas, etc., são apenas alguns exemplos. Todo desequilíbrio orgânico tem um histórico emocional, a cura sempre estará na alma. 

O perdão muda o significado dos conteúdos negativos da memória, esses conteúdos estão carregados de ódio e a desconstrução desse material é imediata quando usamos o perdão, pois essa ferramenta maravilhosa tem os componentes mais poderosos para mudar um quadro interno problemático. Os principais atributos do perdão são: a compreensão, a aceitação, o entendimento, a paciência e, principalmente, o amor. Apenas as almas grandes conseguem perdoar de forma imediata, pois com todos essas qualidades perdoar é apenas uma ação natural. 

Ele também transforma eventos do passado em meras informações através do decaimento de sua carga afetiva. Isso quer dizer que quando conseguimos tirar a importância de eventos indigestos vividos, quando compreendemos, aceitamos e nos desinteressamos por essas ocorrências, uma sensação de leveza e alívio desenvolve-se em nosso ser e nosso fluxo de energia volta à normalidade. 

Perdoar é e sempre será única e exclusivamente mudar o significado de materiais tóxicos guardados nas gavetas da alma. Através do perdão, nós perdemos o interesse pelas experiências mal elaboradas e as transformamos em meras informações. O que antes eram conteúdos imantados de emoção como ódio, revolta ou indignação, transformam-se em registros que já não nos afetam mais.

O perdão é extremamente eficaz também quando usado a nosso favor. O homem precisa aprender a perdoar-se e não pode guardar mágoas de si. As culpas, os remorsos, os arrependimentos, na verdade, são sentimentos de desaprovação de si mesmo. Sem perceber, nos tornamos os nossos maiores adversários e um diálogo interno de desaprovação atua no sentido de nos empurramos para o abismo, em faixas pesadas de sofrimento onde imperam, de fato, o choro e o ranger dos dentes.

O autoperdão é o único meio de reconciliar-se consigo mesmo, não há outro, apenas uma nova atitude poderá resgatar a parte do nosso ser que chafurda nesse abismo. É importante frisar que não existem pessoas no mundo capazes de fazer isso por nós, eles podem apenas mostrar as portas, no entanto, seremos nós que iremos atravessá-las. Tudo deve ser resolvido dentro da gente, pois é justamente nesse reino interior que existem os conflitos. As grandes sagas mitológicas de heróis como Hércules, Teseu, Perseu, Psique, apenas para ficarmos na mitologia grega, retratam essa luta interna. No fundo, todos os nossos inimigos estão em nós, assim como todos os nossos aliados, portanto, cabe a cada um de nós entender onde colocaremos a nossa atenção.

O exercício do perdão liberta a nossa alma do cárcere mental, aprendemos a sentir o outro, com todas as suas dificuldades, aceitar suas particularidades e uma bandeira branca surge para dar fim a essa guerra que travamos contra o mundo. Atráves da prática do perdão entramos em uma espiral evolutiva absolutamente transformadora, onde perdoar deixa de ser necessário com o tempo, pois já não nos afetamos mais com as adversidades.

Apenas nesse estágio iremos compreender que não é impossível oferecer a outra face.

Texto Revisado
 

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 33

Sobre o Autor: Paulo Tavarez   
Conheça meu artigos: Terapeuta Holístico, Palestrante, Psicapômetra, Instrutor de Yoga, Pesquisador, escritor, nada disso me define. Eu sou o que Eu sou! Conheça mais sobre mim em: www.paulotavarez.com - Instagram: @paulo.tavarez
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa