auravide auravide

O tom da voz

por Bernardino Nilton Nascimento

Publicado dia 25/8/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Um fator importantíssimo para a aquisição do magnetismo pessoal é a voz, que sempre reflete exatamente o que cada um representa. É impossível que uma pessoa essencialmente boa empregue no falar um tom áspero e duro. Para cultivar uma voz agradável, é necessário procurar a origem da dificuldade. E a encontraremos se nos lembrarmos que a voz exprime e reflete perfeitamente nossas emoções.

Se alguém recentemente passou pelo lado desagradável da vida, se teve inimizades, se procurou vingar-se ou, de qualquer forma, alimentou sentimentos de ódio, rancor, raiva, ingratidão e inveja, terá uma voz na qual se poderão notar os traços de sua vida, por mais que procure encobri-los.

Um tom de voz frequentemente aspirada, que mistura os tons e apenas vibra, exprimindo como que um desejo de confidenciar, é própria dos que têm o vício de cochichar. Não há uma pessoa, em cada mil, que esteja inteiramente livre desse vício, desses tons vibratórios e desafinados.

A voz pode ser desagradável na qualidade de sua estrutura, no método de seu emprego e no que trata de exprimir ou sugerir. Os tons musculares podem ser claros, puros e perfeitos, no que se refere ao som, apenas, porém faltam-lhes as expressões, que são vazias, e torna-os monótonos e cansados.

Forçar a voz é um erro. As vozes são sempre poderosas em vibrações e ricas em sons, porém, só os sons amorosos devem ser empregados com satisfação, saindo do coração.

Tom de voz muito alto e forte têm os que ameaçam e se exaltam, irritando-se facilmente. A voz média indica calma na mente e no coração. Num tom mais baixo do que a média normal, seu possuidor tem essas condições. Uma voz que fala baixo, indica força de caráter, firmeza na mente e no coração; num espírito dominador e expressada com calma, significa equilíbrio.

A voz cavernosa é uma verdadeira sonolência na vida. Não basta formar base alegre na mente, pois pode não soar bem ao ser expressa. É para se notar que as palavras são sempre vivificadas pelo sentimento que as sugere. Não é o que dizemos, mas o modo pelo qual falamos que mexe com as emoções dos outros. Uma frase desagradável, que escapa da boca, pode produzir um inimigo e, para evitá-lo, convém estudar o efeito que ela pode produzir.

Não se deve esquecer, todavia, que o temperamento se baseia em tudo o que é bom e belo na vida. A tolerância, a brandura, a suavidade podem produzi-lo, desde que se evite cuidadosamente tudo o que é áspero e desagradável. A voz que indica negligência indolente não tem desculpa, pois prova criminosa falta de atenção.

Já deu a devida atenção em ouvir sua própria voz? É curioso que ouvindo-a em todos os momentos, poucas pessoas dão a devida atenção. Dê atenção a ela e seu interesse despertará para melhorar o tom de sua voz. Uma boa voz pode ser adquirida, assim como se pode alcançar um desejo. Regular o tom de voz é tão importante como possuir um tesouro, pois nenhuma outra faculdade humana se iguala no poder de influenciar os outros.

O tom da voz é a expressão da educação, e se você se dedica a dar atenção e o tempo necessário, poderá adquirir um belo tom para sua voz.
A voz humana tem seu caráter, e é indício do que você é, pois pode fornecer informações sobre os verdadeiros sentimentos do momento. Ninguém que fale de modo incoerente pensa com clareza. As palavras claras e de entonação rica, as orações precisas e incisivas, só partem dos lábios daqueles que pensam com precisão e pronunciam com o tom e a voz do coração.

A voz humana é o instrumento mais delicado que Deus criou, e pode ser educada. Pode-se fazê-la expressar todas as espécie de emoções do fascinante e interminável rol das sensações humanas, desde a maior tristeza até o maior êxtase de alegria.

Ela não só nos mostra o que é o ser humano, sem que ele o queira, mas também o faz possuidor de um tom de voz suave, quando se dedica a cultivá-la e a dar-lhe maior beleza e expressão.

BNN

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 156

foto-autor
Sobre o Autor: Bernardino Nilton Nascimento   
"Não seja um investigador de defeitos, seja um descobridor de virtudes"./ "Quando a ansiedade assume a frente, as soluções vão para o final da fila"./ "Quando os ventos do Universo resolve soprar a favor, até os erros dão certo". BNN
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa