auravide auravide

O VERDADEIRO ANIVERSARIANTE DO 25/12 (Revisto e republicado)

por Christina Nunes

Publicado dia 18/12/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Faz tempo que o Natal me causa estranheza num contexto paradoxal. Porque sempre me compareceu, ao lado desta estranheza, como a mais bela data do ano.

Mas antigamente, nos verdes anos da infância,  a via como a mais bela data do ano pelas razões iluminadas que me foram dadas conhecer de dentro da visão cristalina inerente a toda criança: as marcas que ficam desses tempos recuados são as das festas de família, dos sorrisos e da alegria do encontro entre os que me rodeavam numa aura de amor e de camaradagem. Impressões de luzes coloridas piscando nas árvores de Natal, de piadas e de brincadeiras entre muitos; de uma atmosfera mágica de descontração que coroava todo o decorrer anual do cotidiano apressado nas vidas de cada um...

Hoje pude conservar a sensação da mais bela data do ano em decorrência de uma certa capacidade de preservar ainda, talvez,  algo da essência desta percepção do Natal. Do autêntico espírito natalino: da homenagem ao verdadeiro Aniversariante desta data, e a tudo aquilo que Ele representa.

Mas, nos dias estranhos em que vivemos, quem é este Aniversariante?! Papai Noel? O chester de Natal? As luzes esfuziantes dos shoppings decorados com todo o aparato faustoso do consumo? Os altos lucros de um comércio voltado a um Natal vivenciado por alguns - mas não pela maioria - ao menos de dentro desta conotação atual do que seja a data?!

Aniversário do ícone tornado exclusivo de algumas das dezenas de religiões cristãs dos nossos tempos?

Sabem... algo que me proporciona um bem estar íntimo muito acentuado é o fato de contar com simpatias e amizades com representantes de várias religiões. Sou espiritualista! Mas há católicos no meu meio familiar e profissional com quem me dou às mil maravilhas; conheço evangélicos que são uns doces de pessoas, de quem gosto, e que me admiram também; curto incansavelmente o espírito inovador e jovial de alguns amigos da renovação carismática; uma das mulheres mais iluminadas com quem já tive oportunidade de conviver - e que a esta altura, de há muito, já regressou para a mansão cintilante do nosso Universo - era uma budista... e vai por aí afora...

E é isto que me leva, meus amigos, a uma conclusão gostosa, reconfortante: a de que, mesmo no tumulto da nossa era digital; mesmo com todos os conflitos acontecendo neste mesmo minuto, em decorrência das intolerâncias de ordem religiosa; mesmo com o Natal transmutado nalguma coisa irreconhecível, anacrônica - numa sombra daquilo que o Espírito natalino genuíno de fato representa - o Aniversariante, ainda e sempre, continuará sendo o mesmo: Jesus, o Cristo; e, sobretudo, a realidade do que a Sua Mensagem aponta no íntimo de cada um: todos somos filhos de Deus desde sempre! É a nossa mais preciosa herança! Apenas que ainda nos achamos empenhados em despertar e realizar em plenitude este Reino de Deus em nós!

O Aniversariante não é o consumo! Não são os anúncios hipnóticos da mídia, exaltadores de um tipo falseado de Natal que só se realiza de determinada forma estreita, para alguns poucos! O Aniversariante não é, nem mesmo, qualquer manifestação exterior que possa guardar a pretensão de representar a qualidade sublime daquilo que de fato o Natal é!

O Aniversariante de 25 de dezembro, meus queridos, em qualquer tempo, e em poucas palavras, é Jesus - o grande Mestre, sejam quais forem os nomes ou designações verbais pelas quais seja entendido ou reconhecido! Aquele que nos deixou a insígnia incomparável que também reside em nós em estado latente, embrionário, e que vai despertando com dificuldades através dos tempos, rompendo a carcaça rude das nossas imperfeições e do nosso orgulho!

- Amor, respeito, compreensão... união, entre todas as possíveis diferenças inerentes aos povos viventes sobre o nosso planeta!

Mais: sem excluir quaisquer representantes das muitas vertentes religiosas que verdadeiramente exaltem a divindade inerente a todos os seres sobre a face da Terra!

Eis, aí, o Aniversariante!

Antecipadamente, um divina data natalina a todos! Um verdadeiro e sempre, sempre recém-nascido e redivivo Natal, todos os dias,  em cada um de nós!

Meu carinho a todos vocês.


Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10

foto-autor
Sobre o Autor: Christina Nunes   
Chris Mohammed (Christina Nunes) é escritora com doze romances espiritualistas publicados. Identificada de longa data com o Sufismo, abraçou o Islam, e hoje escreve em livre criação, sem o que define com humor como as tornozeleiras eletrônicas dos compromissos da carreira de uma escritora profissional. Também é musicista nas horas vagas.
E-mail: meridius@superig.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo A imaginação constrói os problemas
artigo Adestrar x Educar
artigo Luz e sementes conscienciais
artigo O que é o ego?

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa