Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Oceano de conhecimentos

por Maria Ivone Neto Mourão
Oceano de conhecimentos

Publicado dia 16/3/2009 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Alguns até torcem o nariz para a leitura. É uma pena. Ainda não descobriram a viagem que um livro pode proporcionar por temas tão diversificados. Eu adoro ler! Tenho o sonho de ter em minha casa meu canto especial: uma biblioteca com vários títulos e uma poltrona confortável para encostar e mergulhar na leitura por horas...


Pequenos, grandes, didáticos, infantis, ficção, romance, auto-ajuda, poesia... os livros representam um oceano de conhecimentos e cada obra é uma oportunidade para aprendermos sobre a cultura, a arte, a história e a espiritualidade dos distintos povos que habitam esta casa que os gregos chamaram de Gaia.

São muitas as opções espalhadas por livrarias, bibliotecas, armários, nas lojas virtuais, gavetas, esquecidos, lembrados e tem aqueles que ficam nas cabeceiras como companhia noturna. Nos livros encontramos um vasto repertório com letras, imagens e cenários que desenham histórias e nos ensinam.

Ler é um prazer e traz ensinamentos em diferentes estapas de nossa vida. Há livros que marcam épocas e que permanecem vivos na memória. É o caso do Pequeno Príncipe, uma leitura fascinante pelas aventuras de personagens tão ricos em sabedoria e que faz com que as asas de nossa imaginação voem e aprendam com sua mensagem simples e encantadora:
"(...) o essencial é invisível aos olhos. É sentindo o coração das pessoas que entenderemos a verdadeira essência."
Antoine de Saint-Exupery


Desde os sucessos de venda como “O Segredo”, “Harry Potter” e tantos outros, há uma diversidade de obras para todas as preferências e necessidades. Além de ser uma excelente dica de presente, o livro é um acervo que pode passar por várias gerações. No meu recente aniversário me presenteei com um livro especial e todos os dias reservo um tempo para mergulhar na leitura. Cada página me fascina e me desperta profundamente. Aproveito para indicar: Mulheres que correm com os Lobos, de Clarissa Pinkola Estés.

E, para concluir, nada melhor que a frase do escritor argentino Jorge Luis Borges:
"Siempre imaginé que el Paraíso sería algún tipo de biblioteca.”

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5

Sobre o Autor: Maria Ivone Neto Mourão   
Sou aprendiz escrevendo o roteiro de minha estrada. ivonecordeiro.blogspot.com www.marcosturbo.com.br
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa