auravide auravide

Os elixires de cristais e a solidão de um guerreiro



Há sete anos quando o Sistema Kriom, Elixires de Cristais começou a ser criado, foi um momento apenas de inspiração, pura inspiração, no sentido lato da palavra. Foi um ato de respirar e deixar vir o que o céu pedia. Sempre ouvi que não se toma o céu à força... ele se manifesta, no momento certo, e nós simplesmente respiramos e “inspiramos”, se estivermos atentos, se tivermos disciplina, a disciplina de um guerreiro. E na expiração nascem as obras, nascem as atitudes.

Assim nasceu esse sistema de elixires de cristais: para guerreiros. Guerreiros que têm que estar atentos ao céu, mas ao mesmo tempo a mente tem que estar vazia para que a ordem certa seja obedecida. Esses guerreiros podem ser nós, reencarnados de muitas outras batalhas, às vezes matando, às vezes simplesmente sobrevivendo muito machucados, às vezes salvando a vida daquele que está ao lado. Quem sabe? Quem pode saber o que nesta vida estamos a cumprir, a não ser nós mesmos? Quem pode saber o que estamos resgatando, a não ser nós mesmos? De qualquer forma, somos guerreiros e assim temos que viver: com honra, com disciplina, com lealdade, com a elegância de uma flor de cerejeira, que ao cair, o faz em silêncio.

E o tempo, esse senhor que faz dos intervalos das batalhas um longo momento de solidão. Uma solidão quase insuperável na sua dor, na espera do que há por vir e que só o dono do seu destino pode cumprir com as ordens que virão. Pois o tempo mostrou que os elixires de cristais nada mais fazem do que despertar a capacidade de ouvir essas ordens do nosso destino, já traçado, sim, mas que temos o livre arbítrio de cumpri-lo ou não.

Mas os elixires nos fazem enxergar o caminho a ser seguido: longo, árduo, solitário. Porque é o caminho do Destino que não pode ser cumprido, nem ajudado por nada ou ninguém. Somente nós podemos fazê-lo e é aí que está a solidão do guerreiro. A solidão de quem respira, e ao respirar recebe uma ordem de seguir em frente, para uma batalha; só mais uma batalha de uma guerra que se trava ao longo dos tempos, entre as Trevas e a Luz. E os elixires de cristais são Luz, pura Luz que calçam o caminho das batalhas a serem travadas.

Denise Soler

Texto revisado por Cris
Publicado dia 18/11/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 16




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa