auravide auravide

OS SEGREDOS DE NOSSAS AVÓS SOBRE PLANTAS MEDICINAIS

por Ramy Shanaytá

Publicado dia 4/12/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


No seu livro mental, as avós guardavam um compêndio de receitas. Saudosos tempos em que nossas avós iam buscar na sabedoria da natureza o equilíbrio para a nossa saúde física e mental e exercitavam de forma prática o que já haviam aprendido de seus ancestrais, assim, através da sabedoria oral passada para as novas gerações, a humanidade sustentava os conhecimentos da medicina popular da floresta.Quantas avós iam colher em seu jardim folhas para fazer um chá e tratar uma dor de barriga de um neto. Por trás desta simples ação existe um gigantesco universo de sabedoria, amor e cultivo à vida.


Esta sabedoria quase adormecida nos tempos atuais e, principalmente, nas grandes cidades é de essencial benefício para todos nós e resgatá-la é conservar o patrimônio intelectual da humanidade.


No seu livro mental, as avós guardavam todo seu gigantesco e maravilhoso compêndio de receitas das plantas medicinais, como por exemplo, para tratar a prisão de ventre e gastrite crônica ensinavam a comer mamão (Carica papaya) em jejum, durante quarenta dias e qualquer outro alimento só poderia ser ingerido três horas depois. Ensinavam também que mastigar umas vinte sementes do mamão elimina vermes como amebas e giárdias. Para cada situação do dia-a-dia sempre tinham uma “receitinha”. Para os cortes nos dedos iam até uma bananeira (Musa paradisíaca L.) puxavam sua casca e o líquido que saía da entrecasca pingavam no ferimento. Além de parar de sangrar, a cicatrização é bem rápida.


Para a dor de cabeça, faziam um chá, onde cortavam um limão (Citrus x limon) descascado e colocavam para ferver na água junto com um dente de alho (Allium sativum) e mel de abelha e produziam compressas de um punhado de folha de picão-roxo com vinagre na testa.








Assista [VÍDEO AULA] – A FITOTERAPIA DA VOVÓ – OS BENEFÍCIOS DO INHAME.



Por – RAMY SHANAYTÁ














 Texto de Ramy Shanaytá – Escritor, conferencista, Co-fundador do Instituto KVT, , especialização em ervas indígenas e realiza workshop e cursos sobre plantas medicinais.Livro “A NATUREZA ENSINA...a conexão com a luz da cura”, Ramy Shanaytá, Editora KVT.Saiba mais...Site: https://www.kvt.org.brBlog: https://a-natureza-ensina.blogspot.com/e-mail: [email protected] e [email protected]

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 13

foto-autor
Sobre o Autor: Ramy Shanaytá   
Ramy Shanaytá é co-fundador do Instituto KVT (fundado em 1995) e da Instituição Filantrópica e Cultural Templo Ará Tembayê Tayê da tradição Tubakwaassu, Editora KVT e KVT – Desenvolvimento da consciência empresarial, Escritor, conferencista, professor e pesquisador de plantas medicinais. Outro site: http://www.kvt.org.br
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa