auravide auravide

Parábolas de um Buscador - diálogo com seres diversos!

por Erasmo de Souza

Publicado dia 7/5/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Em sua caminhada, Buscador deparou-se com seres de todos os tipos. Mas um tipo de ser chamou a atenção de Buscador. Eles acreditavam que não tinham luz. Acreditavam que tinham nascido sem a centelha que dava a sensação de vivacidade aos demais seres.
Esses seres corriam pelo estranho país em busca daqueles que consideravam iluminados. Tentavam a todo custo "roubar" a luz deles, usando de todos os artifícios, tentando impor a crença de que eles também não mais possuiriam luz.
Buscador observou por um bom tempo esses seres: seriam eles despossuídos da centelha da vivacidade?

Um dia um desses seres se aproximou de Buscador e questionou-lhe:

- Nós sempre conseguimos roubar a luz dos outros e convencê-los de que eles não mais possuem luz. Que eles se tornaram um de nós. Mas você parece diferente, não conseguimos te convencer! Por quê?

Surpreso por ser interpelado dessa forma, Buscador respondeu:

- Durante um bom tempo tenho observado o comportamento de vocês. Não estou aqui para fazer julgamentos, mas não considero certo “roubar” a luz de outras pessoas! Tentar a todo custo convencê-las a se juntar a vocês - respondeu Buscador.

- Mas porque depois de tudo o que fizemos com você a sua luz não se apagou?
Buscador respondeu depois de um breve sorriso:

- Porque a luz que vocês tanto procuram está dentro de cada um de vocês. Todos temos dentro de nós uma centelha, uma chama de vivacidade. O que desvanece essa chama em vocês é a crença de que não seriam possuidores dessa chama interna. Mas ela nunca se apagou e continua aquecendo o interior, mas você e todos os seus não conseguem senti-la porque se desconectaram da chama, da centelha.

- Ora, Buscador! Nós não somos iguais aos outros seres! Nós não temos a centelha interna!

- Vocês são iguais a todos os outros seres, apenas acreditam, por diversos motivos, que sua luz se apagou e que necessitam possuir a luz dos outros!
Diante do ar de incredulidade do referido Ser, mirando seus olhos questionadores, Buscador finalizou:

- Se vocês desejam mesmo ver a centelha interna brilhar devem procurá-la dentro de cada um de vocês e cultivá-la, para que ela nunca mais se desvaneça.
Ainda cheio de dúvidas, o Ser juntou suas forças para dizer:

- Muito obrigado!

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8

Autor: Erasmo de Souza   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo A imaginação constrói os problemas
artigo Adestrar x Educar
artigo Luz e sementes conscienciais
artigo O que é o ego?

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa