Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Pelo amor ou pela dor!

por Carol Pafetti

Publicado dia 30/3/2020 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


"Quem não aprende pelo amor, aprende pela dor". Quantas vezes você ouviu esse ditado? Aposto que inúmeras e nunca deu atenção ou se importou com isso. 
 
A humanidade está com o ego doente: temos muito egoísmo, inveja, materialismo. E a causa disso tudo é a falta de amor pelo próximo. O ser humano que tem a necessidade de ter/ser “mais/melhor” que o outro está insatisfeito consigo mesmo. O ego cria uma espécie de ficção para sentir-se maior, importante, mais especial e por aí começam as disputas de ego. Ostentações desnecessárias, um querendo chamar mais atenção que outro, esse outro conquistando mulheres em alguma festa luxuosa, exibindo seu Instagram com fotos do seu iate ou jatinho e da sua mansão. Sendo que muitas vezes, vivem de aparências. Geração de pessoas vazias, sentimentos rasos, pessoas tratadas como objetos. Hora de dar um basta.
 
E da pior forma possível, pela dor, a humanidade aprende, ou melhor, reaprende a viver. Foi preciso que um vírus invisível a olho nu chegasse quase falando: " Ei, vocês não mandam em nada, baixem a bola".
Com isso o mundo parou e iniciou-se o isolamento social. 
 
Ansiedade, medo, incertezas. O caos estava instalado e não tinha o que se fazer, aliás, ficar em casa era quase uma obrigação. E assim começou o tão necessário momento de reflexão e reconexão com a essência e principalmente, com Deus. Não temos o controle de absolutamente nada. Somos insignificantes perante a grandeza do universo. Na dor, ninguém é melhor do que ninguém. Aprendam isso! 
 
É tempo de dar uma nova chance para si e para o mundo. Rever nossos olhares, ter compaixão, empatia e respeito pelo próximo. Restabelecer novas conexões com nossa família, amigos, trabalho, hábitos de vida. Reaprender a passar mais tempo junto de quem amamos, desacelerar e ter tempo para cuidar de si e voltar somente ao que fez falta. Nunca esquecer que viver é recomeçar todos os dias, agradecendo a Deus pela bênção de mais uma oportunidade repleta de desafios e aprendizado. 
 
O amor e o ego são opostos. Eles são como a escuridão e a luz. Se a luz está lá, a escuridão não pode estar. Se o amor não está lá, o ego pode estar. Se o ego é descartado, o amor chega e ilumina todas as direções. Quando o ego morrer por completo, a humanidade estará curada de todo mal e livre de qualquer vírus.
 
A cura da humanidade é o amor: espalhe amor por onde for! O amor é luz!

Texto Revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 116

Sobre o Autor: Carol Pafetti   
Carol Pafetti (CRTP 0383/18) é Terapeuta Espiritualista, Psicoterapeuta, Terapeuta Holística e Mestre em Reiki. Sua missão é ajudar a humanidade a encontrar o equilíbrio entre corpo, mente e espírito.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa