auravide auravide

Perdemos quem amamos?

por Vanessa Cristina

Publicado dia 2/3/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Esta é, sim, uma questão reflexiva. Perdemos quem amamos?

Vamos pensar juntos! Podemos perder pessoas? Não, não perdemos pessoas porque elas não são nossas propriedades ou coisas que nos pertencem como um carro, uma casa ou um emprego.

Pessoas são seres que vêm em nossas vidas para fazerem a diferença, para registrarem situações e deixarem suas marcas em nosso ser. Vêm e vão de forma natural e simples. Dessa forma, não as perdemos, pois como já foi dito, não são coisas e, sim, seres que como nós tentam de todas as formas, mesmo que para muitos seja absurda, modificarem o mundo, ao menos os próprios.

Então, só para encerrar esta questão, não perdemos pessoas, correto?

Agora, continuando a reflexão... E as que amamos, perdemos ou não?

Posso responder de forma taxativa e sem demora: não perdemos! E aí você deduz: "Lógico que não, pois se enquadram na explicação acima!" E eu diria que sim, mas existe um porquê até mais forte para não se perder pessoas que amamos: o amor!Ele, o amor, conserva, eterniza qualquer tipo de gesto, situação, lembrança, expressão e... pessoas!

Mesmo em situações de desencarne, nunca devemos lamentar de forma a pensar que perdemos tal pessoa para a morte. Devemos entender que a pessoa se libertou simplesmente, que sua jornada continua e que ela continuará a nos amar e a ter nossas impressões em seu ser, como nós também com toda certeza as teremos.

Pessoas não se perdem, não desaparecem, apenas se transformam, apenas mudam de dimensão e permanecem a caminhar junto de nós, mas por outras estradas, por outros atalhos, paralelos ao nosso ser. Essas pessoas que fazem nossas vidas mágicas, felizes, brilhantes e inesquecíveis, são como presentes de Deus que quando necessários são chamadas à presença dele para lá continuar sua elevação e existência.

O mesmo amor que liga as pessoas, as une para sempre e mesmo que o tempo passe, suas lembranças e marcas estarão sempre em nosso interior e essência. O amor quando nos liga faz com que a distância seja algo físico e não espiritual, pois os corações e interiores estarão sempre unidos por esse sentimento divino e puro, auxiliando de formas variadas a prosseguirem no compromisso.

Por isso, nunca se deixe levar pela impressão da perda, pois somente perdemos o que não temos. O que temos , conquistamos para sempre.

Pessoas especiais são mantidas, em nossos arquivos para que um dia, quando voltarmos a nos ver nessa longa estrada chamada Vida, possamos olhar em seus olhos e dizer: "Olá, que bom reencontra-lo!" Mesmo que seja só uma impressão interna, ela será tão verdadeira e intensa quanto a certeza de que Deus rege e comanda magistralmente tudo!

Lindos dias... Até a próxima semana. Namastê!

Vanessa Cristina

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9

foto-autor
Autor: Vanessa Cristina   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa