auravide auravide

Por gentileza...



Por gentileza, deixe-me entrar. Quero lhe falar.
Por gentileza, digo-lhe bom dia, boa tarde e boa noite.
Por gentileza, com gentileza e pela gentileza é o que eu quero lhe contar.

“Nossa”! Que gentileza, que você fez! “Puxa”, realmente não precisava! Muito obrigada, você é muito gentil! Quantos disso poderíamos ouvir e quanto de gentileza iríamos causar! Pois, o que é gentileza, apenas frutifica gentileza e não há um sequer coração, em que ela não possa prosperar.

“Posso te ajudar?”, é o que eu gostaria de perguntar.
“Posso te abraçar?”, assim de surpresa, desculpe, mas vi um pouco de tristeza no teu olhar.

“Me perdoe, eu estava errada”, é também uma gentileza pedir perdão e perdoar.
“Me ajude, estou perdido”, que gentileza é ajudar alguém a se encontrar.
“Vá por aqui e não por ali”, uma genuína gentileza temer por alguém se perder.

“Eu te ajudo”, “não se preocupe”, são gentilezas de se falar.
“Tudo vai ficar bem” e de fato, ao final tudo fica, que gentileza é a alguém acalmar!
“Eu me preocupo”, “use um casaco”, que gentil é por alguém olhar.

Por gentileza e com gentileza eu me despeço. Você foi muito gentil em me deixar entrar.

Texto revisado por: Cris
Publicado dia 19/4/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa